Especiais Filmes

7 Motivos para dar uma chance ao Robert Pattinson como Batman

  • Compartilhe:
Pop Art SkinsPop Art Skins

Uma confirmação oficial sobre Robert Pattinson no papel do homem-morcego ainda não saiu, mas uma boa parte das pessoas não conseguiu engolir a seleção. Apesar de boa parte manter a esperança em um bom filme, muitos ainda mantém a ideia cega de que o ator é o mesmo desde Crepúsculo. Por isso, quer você tenha fé ou não em The Batman com Pattinson de Bruce Wayne, que tal dar uma olhada nesses 7 motivos?

1. Ele é um bom ator

Muito tempo passou desde a saga Crepúsculo, e mesmo assim Pattinson não foi perdoado. Essa angústia nostálgica poderia seria minimamente plausível… se estivéssemos em 2012.

Desde a finalização do seu contrato com a saga, Robert optou por se envolver em filmes menores, independentes e mais ‘artísticos’, com personagens mais profundos e nem sempre protagonizando. ‘O trauma’ — ironicamente falando — garantido pelo filme Teen que virou motivo de piada em diversas mídias rendeu uma chance a Robert de se reinventar.

A vontade do ator de crescer como profissional foi evidente mesmo antes do lançamento da parte 2 de Amanhecer: no dispensável Bel Ami, adaptação ao cinema do romance escrito em 1885 por Guy de Maupassan, é evidente a vontade do ator de evoluir, e seu empenho gigantesco para encarnar os papéis e transformar um roteiro intragável em algo mais aceitável.

Na longa jornada de 2012 para cá, em diversas atuações, o ator conseguiu fugir dos moldes criados pelos blockbusters e mostrar seu real potencial de atuação. Uma de suas interpretações mais surpreendentes pode ser vista em “Bom Comportamento”, filme co-dirigido por Ben Safdie e Josh Safdie. Na produção dramática, ele mostra que agora é mais do que capaz de encarar papéis difíceis. A dualidade de Bruce Wayne não será um problema.

2. Necessariamente diferente

Com 33 anos de idade, Robert pode ser a versão mais jovem do herói nas telonas. No entanto, isso não é um problema. Desde sempre, o herói ganha versões diferentes trazidas de diversos atores e diretores. Sempre vimos a versão mais saturada do Batman. O herói ainda mais porradeiro e de saco cheio foi o de Ben Affleck, e felizmente, pela escolha de roteiro e elenco, Pattinson não chegará perto de ser minimamente parecido.

Com um Bruce Wayne mais novo, como o diretor Matt Reeves disse que faria, podemos encarar de verdade uma versão do herói que quase nunca é tratada nas telas.

3. Trabalhou com excelentes diretores

Benny Safdie, Robert Pattinson e Josh Safdie na premiere no Deauville American Film Festival

Robert Pattinson tem noção do que é um trabalho bom e autoral. Depois de fugir do cinema mainstream, o ator buscou aceitou papéis nos filmes de excelentes diretores autorais como David Cronenberg, Claire Denis, os irmãos Safdie e Robert Eggers. Claramente, ele saiu com uma gaveta de experiências gigante e, caso você não saiba, vai estrelar o novo filme de Christopher Nolan — outro diretor de ouro.

4. Matt Reeves é um bom diretor de atores

Matt Reeves já provou seu valor como diretor em filmes como Planeta dos Macacos, Cloverfield – Monstro, ou até mesmo o remake Deixe-me Entrar. Como já mencionado acima, Robert é um ator que se joga no personagem. Nas mãos de Reeves, um diretor que conseguiu arquitetar uma trama espetacular com atores vestindo trajes para computação gráfica, o resultado não irá decepcionar.

5. O foco é na investigação

Muitos reconhecem o Batman por suas habilidades de luta e seu equipamento hi-tech, mas esse não é o foco desse filme. Na versão mais jovem do Batman, o diretor promete um filme mais noir, investigativo. Ou seja, é algo novo e não apenas para um canastrão que explode bandidos na porrada. É claro, podemos ter isso, contudo esperamos algo mais  como a história de Ted McKeever, “Batman e Preto & Branco: Volume 1”.

6. Contos de investigação são a natureza da DC

Como mencionado no tópico acima, teremos um filme mais investigativo. E isso não é problema, já que a natureza da DC são contos de mistério com personagens de background controverso. Inclusive, a revista mais famosa do Batman chama-se Detective Comics.

Esse é um novo ponto de vista para ver o morcegão, não só pela mudança do ator.

7. Ele fez filmes incríveis

Apesar de ‘Bom Comportamento’ ser uma de suas melhores performances, ele não parou por aí. Na trajetória por filmes alternativos, o ator saiu em diversas produções excelentes com uma atuação valiosa em cada uma delas. ‘Cosmópolis’, ‘Z: A Cidade Perdida’ e, obviamente, ‘Bom Comportamento’ são os mais generosos exemplos.

Pattinson ainda protagonizará o promissor The Lighthouse, com William Dafoe, que será exibido esse mês no festival de Cannes. Além disso, também temos o vindouro filme do aclamado diretor Christopher Nolan.

Sobre o filme

A DC e a Warner lançarão um novo filme do Batman. Com um Bruce Wayne mais jovem, o longa dirigido por Matt Reeves deve começar as filmagens ainda este ano.

As especulações de que o filme adaptaria Batman: Ano Um, uma das HQs favoritas do diretor, foram descartadas. Até o momento, foi confirmado que o morcego enfrentará pelo menos dois vilões, sendo um deles o Pinguim. Informações indicam que o outro seria a Mulher-Gato, mas não passa de um rumor por enquanto. Matt Reeves, o diretor, confirmou que deseja trazer um clima mais Noir para o filme como um todo.

O novo filme do herói não tem título oficial. Contudo, o lançamento está marcado para 25 de junho de 2021 nos EUA. As gravações começam este ano.

Publicado em 17 de maio de 2019 às 17:29h.
2019-05-17 17:29:10