Análises Jogos PC

Análise | Battlefield V

Dois anos depois de irmos para a Primeira Guerra com Battlefield 1, a DICE volta com um Battlefield V onde desta vez lutamos na Segunda Guerra Mundial e desfrutamos de um game que melhorou.

Após os problemas com o lançamento do Star Wars Battlefront 2 no ano passado, a DICE e a EA fizeram do Battlefield V seu primeiro título como um serviço ao vivo. Não há caixas de loot ou microtransações e não existe um Season Pass ou DLC pago. A DICE quer que sua comunidade tenha conteúdos atuais e futuros, deixando-os acessíveis a todos sendo distribuídos de acordo com um cronograma específico de atualizações totalmente gratuitas.

O jogo inclui menos mapas, modos de jogo e recursos do que sua versão terá em 2019, que verá, por exemplo, a chegada do modo Battle Royale, conhecido como Firestorm. Seguindo este modelo, o título vai viver vários ciclos temáticos, cada um com seu roteiro de adições de conteúdo, sendo o primeiro ciclo denominado Tides of War e começará em dezembro de 2018.

Gameplay

A força principal do Battlefield V é que ele manteve quase intacta sua jogabilidade viciante e equilibrada, um fator que elimina todas as dúvidas sobre sua possível virada para uma abordagem mais arcade. Neste sentido, os fãs da saga podem ficar tranquilos, porque nesta nova versão encontramos um controle preciso e bem feito de armas e veículos, mapas muito bem desenhados e uma curva de progressão satisfatória.

O que pode diferenciar do jogo anterior é que agora estamos na Segunda Guerra Mundial, onde desfrutamos de uma abordagem mais dinâmica e atraente. Agora temos armas e veículos mais modernos que proporcionam maior força e agilidade. O arsenal foi atualizado, no qual encontramos uma lista variada de espingardas, pistolas, metralhadoras e rifles de precisão, bem como uma série de acessórios como granadas de fumaça, granadas e lançadores de foguetes.

Um dos aspectos mais interessantes ​​das armas é que elas melhorarão à medida que as usamos, podendo escolher entre diferentes melhorias em cada uma delas. No entanto, embora esta abordagem à progressão de armas seja irrealista, uma vez que não depende das modificações reais que fazemos, oferece uma boa especialização. Finalmente, podemos equipar uma arma principal, uma arma secundária e diferentes tipos de acessórios de acordo com a nossa classe.

Nesse sentido, a DICE introduziu mudanças importantes porque, embora mais uma vez tenhamos quatro diferentes: Batedor, Suporte, Assalto e Médico, agora cada um deles tem uma dupla especialização. Desta forma, obteremos pontos de experiência, não apenas para usar cada classe, mas também para fazê-lo com a abordagem que selecionamos, uma decisão que proporciona maior variedade.

Como sempre com a franquia, nós viajamos ao redor do mundo em lugares que a WW2 aconteceu: dos campos de Arras, na França, para as fortalezas esquecidas do norte da África, através da Noruega e da Europa Ocidental, devastada pelo início da Segunda Guerra Mundial.

O Battlefield é pés no chão, mas também o ar, saiba que o duelo é melhorado se comparado ao Battlefield 1 e agora oferece mais flexibilidade, e mais armas, para sequências sempre muito espetaculares. Desfrutamos de aviões e tanques mais modernos. Sem dúvida, os veículos da saga Battlefield são uma das suas marcas registradas, e mais uma vez eles são a cereja em uma jogabilidade muito equilibrada e com várias frentes de combate.

Modos

Multiplayer

O multiplayer oferece um catálogo de opções divertidas e confrontos emocionantes, mas também pouco numeroso. O modo mais divertido é o Operações Grandiosas, modo no qual enfrentaremos vários dias de conflito em grandes jogos com até 64 jogadores. Neste modo todo dia é importante e afeta o seguinte.

Os outros modos são:

Invasão Aérea

Entre de paraquedas no campo de batalha e lidere a invasão.

Ruptura

Lute no ataque para controlar os setores vitais ou entre na defesa para foriticar o local e fazer o inimigo recuar.

Conquista

Dispute pontos-chave no mapa com até 64 jogadores neste modo clássico do Battlefield.

Dominação

Enfrente o inimigo à curta distância em combates ágeis e baseados em infantaria.

Último Esforço

Lute até o amargo fim. Mesmo quase sem munição e vida, só pode restar uma equipe.

Tempestade de Chamas

Ajude o seu pelotão a ficar de pé neste combate intenso pela sobrevivência. É Battle Royale ao estilo Battlefield.

Linhas de Frente

Junte-se a uma de duas equipes em uma intensa batalha ao estilo cabo-de-guerra.

Cada Equipe Por Si

Ninguém vai ficar parado nesta guerra alucinada de infantaria. A regra é simples (e fatal): mate ou morra.

Em relação ao serviço online, o desempenho durante a nossa análise tem sido excelente, encontrando partida com velocidade e desfrutando de grande estabilidade. Além disso, inclui a opção de filtrar a pesquisa de partida por modos, mapas e servidores , um complemento essencial adicional para desfrutar da melhor experiência online.

O problema é que estamos no Brasil e tinha somente um servidor. Um único servidor com ping baixo e jogável. Espero que mais sejam adicionados, mas a falta de mais diversidade incomoda bastante.

Campanha

O modo de campanha retorna com as Histórias de Guerra. Aqui nós temos três opções que podemos completar na ordem que queremos e que nos permitem conhecer várias histórias do conflito. Desta forma, viajaremos para a Noruega para nos infiltrarmos em uma base alemã, ao norte da África para destruir as defesas rivais e para a França atacar a resistência inimiga. Finalmente, há uma quarta história que ainda não está disponível e que enfocará a importância dos veículos blindados na Segunda Guerra Mundial.

O roteiro é um tanto incompleto, não muito espetacular, e a jogabilidade geralmente se resume a vincular os pontos obtidos e a aniquilação de bases dos inimigos. No entanto, as três histórias cumprem amplamente seu papel “educacional” e narrativo. O pequeno relatório no final de War Story nos lembra o legado desta aventura e, em particular, seu impacto sobre o conflito global, que geralmente convida a fazer algumas pesquisas para descobrir mais.

De qualquer forma, estas histórias de guerra são principalmente para iniciação para os diferentes papéis que vamos ver no multiplayer. Cada um tem uma duração aproximada de 2 horas, podendo completá-los em quatro diferentes níveis de dificuldade, embora a AI não ofereça um comportamento muito realista.

Problemas

Enquanto a ação é sem dúvida melhor do que nunca, o Battlefield V sofre com uma série de erros e peculiaridades que parecem o resultado de uma produção que foi apressada. Os cadáveres muitas vezes permanecem flutuando no ar, falhas de animação aparecem com muita frequência e a destruição da estrutura às vezes não aparece corretamente. Felizmente, a maioria desses tipos de problemas não afeta negativamente a jogabilidade de maneira significativa, mas quebra a imersão que os visuais e o áudio de ponta funcionam tão difícil de alcançar.

Os menus e a interface do usuário em torno da customização de armas e soldados são mal feitos e tem problemas. Simplesmente mudar a visão de uma arma pode envolver um processo que requer que o jogador se mova através de seis ou mais páginas e cliques do mouse. Você ainda não pode equipá-los entre as rodadas, exigindo que os jogadores saiam completamente do servidor/esquadrão apenas para cuidar do gerenciamento básico de equipamentos.

Enquanto o jogo tem um navegador de servidor, entrar em um jogo com um esquadrão completo está longe de ser tão simples quanto deveria ser. Não há como criar ou até mesmo alugar servidores privados para o Battlefield V. Quando se considera a atenção aos detalhes de todas as partes do jogo, parece que a falta de acomodação para comunidades dedicadas não é um descuido.

Finalizando

Quando considerado como um todo, o Battlefield V pode oferecer uma experiência excepcional. A falta de conteúdo no lançamento e o altamente antecipado modo Battle Royale do Firestorm não estão presente na versão de lançamento do jogo. Apenas 8 mapas chegaram no dia do lançamento, mas são enormes e são efetivamente usados ​​para múltiplos modos. O Battlefield V tem uma campanha, mas na verdade conta apenas como uma parte secundária para o multiplayer em destaque.

Teremos que ver a DICE polindo este jogo agora, no pós-lançamento, mas não há garantia de quando ou se isso acontecerá.

Battlefield V foi analisado no PC com uma cópia do jogo enviada pela EA.

Publicado em 22 de novembro de 2018 às 10:08h.
2018-11-22 10:08:42

  • Compartilhe: