Pesquisar

Análise | God of War Ragnarok

god of war: Ragnarok

A volta de Kratos e Atreus

God of War Ragnarok é uma sequência direta de God of War lançado em 2018, após o encerramento da jornada de Kratos e Atreus, chegando ao pico mais alto de Jotunheim para jogar as cinzas da Faye. Atreus descobre seu verdadeiro nome, Loki, e que é um dos poucos gigantes que sobreviveram ao ataque orquestrado por Odin e seu filho Thor. 

Em God of War Ragnarok, a história continua após 3 anos quando começa a Fimbulwinter, uma temporada longa de inverno intenso. Kratos tenta evitar ao máximo o cumprimento da profecia com medo do seu passado e os erros que foram cometidos, enquanto Atreus quer descobrir mais sobre o seu nome e origem e se conseguirá reescrever a história antes que o Ragnarok aconteça e o mundo seja destruído. Atreus e Kratos viajam entre os noves reinos em busca de respostas e alianças em uma jornada emocionante. 

God-of-War-Ragnarok13
Análise | God of War Ragnarok 11

Uma maneira diferente de contar a história

Diferente dos jogos anteriores e face a importância do evento do Ragnarok, o jogo segue um caminho parecido com The Last of Us Part 2, mostrando as motivações e interesse dos envolvidos na jornada. Como exemplo temos Kratos tentando evitar que seu filho siga o mesmo caminho e se arrependa. O interesse de Odin é porque ele precisa tanto de Atreus quanto dos seus deuses durante o Ragnarok. 

A jornada de God of War Ragnarok levará o jogador a vários pontos e personagens para compreender seus medos e motivações durante a batalha. Quem é amigo ou inimigo? Isso é um ponto que o jogador é levado a questionar o tempo todo. Como aconteceu em The Last of Us 2, essa é uma ótima maneira de contar a história e criar um laço mais profundo com os personagens que foram apresentados. 

God of War Ragnarok02
Análise | God of War Ragnarok 12

Mundo repleto de coisas para fazer 

Em God of War Ragnarok o jogador vai passar pelos noves reinos da mitologia nórdica Álfheim, Asgard, Jotunheim, Midgard, Muspelheim, Nidavellir, Niflheim, Svartalfheim e Vanaheim. A maioria está cheia de missões secretas e itens para serem colecionados. 

Diferente do primeiro God of War 2018, na sequência teremos a possibilidade de explorar mais reinos, locais diferentes e outros conhecidos que estão cobertos e destruídos pelo Fimbulwinter. Durante a jornada será possível seguir as missões principais da história e fazer missões extras que podem melhorar habilidade dos personagens e equipamentos. As missões secundárias são iguais ao primeiro jogo, a maioria traz peso a história principal e acrescenta pontos que são passados superficialmente durante a jornada. 

God of War Ragnarok10
Análise | God of War Ragnarok 13

Os mapas têm os famosos corvos de Odin, baús que precisam ativar sinos espalhados pelo mapa, criaturas que são invocadas com chaves e puzzles que necessitam de tarefas específicas ou equipamento que só será encontrado avançando a história ou terminando.

Um ponto positivo é que os portais estão mais fáceis de serem acessados espalhados no mapa, que mostra todos os itens e missões que foram concluídas facilitando a vida de quem quer fazer 100% no jogo.   

God of War Ragnarok06
Análise | God of War Ragnarok 14

God of War Ragnarok é realmente bonito?

É notável como a Santa Mônica conseguiu aprimorar graficamente a sequência de God of War. O primeiro jogo era impecável graficamente e na trilha sonora. E na segunda parte tudo está ainda mais bonito. Os reinos com suas criaturas, cenários e seres. Tudo é muito lindo e apaixonante. Em vários momentos deu aquela vontade de parar a jornada e tirar fotos. Cada reino é único e fica difícil escolher o mais bonito visualmente. O estúdio trabalhou bem para deixar o jogo agradável no PS4 e PS5 sem mudanças gritantes que poderiam afetar os jogadores de PS4. 

A trilha sonora nem precisa falar muito, é tão boa como a do primeiro jogo, o estúdio aprimorou o que já era bom. E a dublagem espetacular em português Brasil torna tudo mais emocionante.

God of War Ragnarok 01
Análise | God of War Ragnarok 15

Descer porrada nos deuses!

Kratos e Atreus se prepararam nos últimos 3 anos para esse momento do Ragnarok. É notável que as habilidades melhoraram. Atreus está mais maduro e suas habilidades de combate estão melhores. Ele está mais corajoso e quase não precisa da ajuda do pai no combate. Kratos já chega com os dois pés na porta, com suas lâminas do caos, machado leviatã e escudo. 

O combate está mais visceral e permite ao jogador ter mais habilidades durante a batalha. Além de usar o comando para chamar aliados para atacar os inimigos com botão quadrado, Kratos pode aumentar o poder de dano da sua arma, segurando o botão triângulo o machado leviatã causa mais danos de gelo e as lâminas do caos causam danos de fogo nos adversários à volta. 

God of War Ragnarok03
Análise | God of War Ragnarok 16

As armas permitem colocar duas joias que acrescentam habilidades especiais às armas que podem ser ativadas segurando o botão L1 e apertando o R1 ou R2. Elas são carregadas durante o combate e cada habilidade mostra o tempo de carregamento necessário. Essas habilidades são encontradas durante a jornada e consistem em ataques que podem causar danos em diversos adversários ou ataque crítico.    

Uma das novidades da sequência é a possibilidade de utilizar relíquia para uma habilidade extra durante a batalha sem a necessidade das armas do Kratos. A habilidade da relíquia aumenta o dano corpo a corpo por um curto período ou até causar ondas de choque no chão.  

Durante a jornada, o game permite aumentar as habilidades das armas e equipamentos do personagem principal e seus aliados. A árvore de habilidade consiste em três categorias: técnica, distância e corpo a corpo. Elas podem ser upadas através de XP e permitem mais técnicas e força na batalhas. São muitos recursos que a sequência traz, além do famoso especial “fúria do espartano” que tem novidades extras. 

God of War Ragnarok12
Análise | God of War Ragnarok 17

Durante o combate, o jogador terá que se defender e atacar nos momentos certos. Na batalha o jogador pode bater no adversário até que o ataque do inimigo fique com um círculo vermelho, aí é o momento de se desviar e caso apareça o círculo verde use o escudo no tempo certo, quebrando a defesa do inimigo e causando mais danos. God of War Ragnarok está repleto de novidades no combate e é difícil descrever todos nessa breve análise.  

Como o game segue o sistema do anterior, é possível aumentar o nível da armadura de Kratos, bem como armas e escudo através dos anões Brokk e Sindri que precisam apenas de materiais espalhados no mundo. As armaduras da sequência são mais bonitas que as anteriores.

Um ponto que preciso mencionar é que o dualsense está sendo muito bem explorado em God of War Ragnarok, trazendo a sensação do combate assim como o impacto da criatura que está sendo enfrentada.  

Acessibilidade 2023
Análise | God of War Ragnarok 18

Acessibilidade veio para ficar!

A Santa Monica a exemplo de outros estúdios da Playstation têm se esforçado para permitir cada dia mais que outros jogadores possam jogar os exclusivos da marca através dos recursos de acessibilidade. Em God of War Ragnarok foram implementadas 60 ferramentas que compreendem combate, movimento, som, estilo de jogo e muito mais. Ao começar o jogo no menu principal, o game permite 4 predefinições de acessibilidades que são, visual, auditiva, movimento e motora. Ficamos felizes com essa preocupação dos estúdios e que eles possam adicionar e aprimorar esses recursos para que mais pessoas consigam jogar. 

God of War Ragnarok04
Análise | God of War Ragnarok 19

Vale a pena jogar God of War Ragnarok?

God of War Ragnarok brilha praticamente em vários pontos como jogabilidade, acessibilidade, trilha sonora, dublagem em português Brasil e extras espalhados nos nove reinos. 

Uma coisa que desagradou um pouco é que a história durante a jornada perde força e no final não sentimos o mesmo peso como aconteceu em God of War 3 ou God of War (2018). A jornada de God of War Ragnarok é incrível, mas se perde com um final simples diante de uma história incrível.

god of war 2022
Esta Análise foi feita com uma cópia cedida gentilmente pela Playstation Brasil

Gostando de nossos conteúdos? Nos ajude compartilhando.

Gostando de nossos conteúdos? Nos ajude compartilhando.​

VEJA TAMBÉM

Comentários: