Análises Jogos

Análise | Hitman 2

  • Compartilhe:
Pop Art SkinsPop Art Skins

Ao contrário do Hitman de 2016, o Hitman 2 de 2018 não é episódico. Tudo está disponível em conjunto no lançamento. No entanto ele mantém a estrutura do lançamento episódico, de locais onde cada um é baixado separadamente.

Isto não é uma coisa ruim. Afinal, uma das melhores coisas sobre um jogo de Hitman é a liberdade de desfrutar do que é essencialmente um sandbox de assassinato, tentando completar desafios ou explorar destinos. Isso só faz parecer muito óbvio que as coisas foram planejadas para seguir um curso diferente. Ter uma aba campanha para os episódios do lançamento de 2016 é um lembrete constante de que esta é uma segunda parte de algo e você provavelmente está perdendo se você não viu o jogo anterior. É apenas com os segmentos da história que pode fazer as coisas parecerem que as coisas são partes separadas do todo.

Após os eventos do jogo anterior, o Agente 47 está em uma missão para localizar o misterioso Shadow Client e desmantelar sua milícia. Seu empregador, a ICA, permanece neutro e seu novo cliente é a Providence. Pontos de enredo chave podem ser complicados às vezes devido a numerosas facções e alianças que são fáceis de perder, e muitos dos alvos carecem de personalidades interessantes. Felizmente, porém, as descobertas mais fascinantes se concentram na intrigante dinâmica entre o agente 47 e seu manipulador, a principal estrela da série, Diana Burnwood. Revelações significativas são raras, mas, quando ocorrem, ajudam a fazer com que a pessoa se sinta mais do que um personagem  sem vida.

Gameplay

A lista de missões abrange seis locais, incluindo Miami, Colômbia e Mumbai, todos disponíveis no lançamento. Cada estágio tem seu próprio quebra-cabeças que exige cautela, reconhecimento, paciência e, às vezes, um pouco de sorte para completar os objetivos. As primeiras tentativas podem ser difíceis ​​à medida que você aprende a rastrear seus alvos, descobrir rotas alternativas e usar disfarces para se infiltrar em áreas restritas. Matar um alvo despercebido depois de quase uma hora de planejamento meticuloso é incrivelmente satisfatório e torna a aprendizagem de cada estágio um empreendimento que vale a pena.

O Agente 47 é um profissional. Portanto, o objetivo final de cada missão é assassinar seu alvo e escapar sem ser detectado. Matar guarda-costas ou inocentes pode facilitar o progresso em alguns casos, mas parece fora do personagem. Há uma série de maneiras de despachar pessoas problemáticas com meios não letais, mas descobrir onde esconder um corpo pode ser um exercício difícil, dependendo da missão. Armários e recipientes especialmente marcados são essenciais, pois podem abrigar até dois corpos cada um. Derrubar alguém perto de uma área lotada e tentar freneticamente enfiar o corpo em um contêiner, sem ser visto, oferece momentos realmente tensos e que podem destruir sua missão.

Mais uma vez espere encontrar a falha ou falhas que lhe permitirão completar sua missão. Durante várias horas, você esgueirar-se para não fazer nada que é capturado por uma câmera ou o reflexo de um espelho, obrigando a exploração meticulosa e observação cuidadosa.

Hitman 2 está cheio de objetos, armas convencionais e disfarces que podem abrir caminhos e fechar outros. Com uma chave de boca, uma lata de refrigerante, um tijolo, uma chave de fenda, a morte de um rato, uma fita métrica ou uma agulha de tatuagem e assim por diante, que podem ser lançados em todo o rosto, você pode para fazer milagres.

Se você for pego em flagrante, transformar o lugar em um filme de John Wick é sempre uma opção. A variedade de armas de fogo tem força suficiente para se sentir poderosa e divertida de se brincar, mas semelhante a matar inocentes, abertamente usando armas parece fora do lugar. Ainda assim, a opção está lá, se você quiser, e a pistola silenciada exclusiva do Agente 47 é geralmente uma maneira fácil de cobrir discretamente seus erros, mas nem sempre. Além disso, a mala, que pode ser usada para contrabandear armas de grande porte, principalmente rifles de precisão.

É claro que, no nível mais baixo dos três níveis de dificuldade, realmente é fácil (mas não tanto), você estará menos sob pressão. De fato, é fácil ser esquecido indo para o meio da multidão de NPCs ou agachando-se em grama alta. A imersão, tiroteios e lutas corpo-a-corpo não são muito convincentes, especialmente quando todas as inteligências artificiais localizam você e começam a atirar em sua direção sem tentar contornar sua cobertura ou, até mesmo, dirigir em direção a você para tomar um soco ou um tiro.

Modos de jogo

O Hitman 2 tem dois novos modos presentes nele. Um é o modo Ghost competitivo, enquanto o outro é o cooperativo Sniper Assassin. Ghost é quase como o reality show de Hitman, em que sua experiência é separada da de outra pessoa, mas você pode ver o fantasma do que eles estão fazendo, tem um locutor, e há especiais Ghost Crates e itens. Os Ghost Crates permitem que você e seu oponente recebam itens ou disfarces utilizáveis, mas se uma pessoa pegar uma moeda de uma caixa, a outra pessoa não poderá receber a moeda. Os Ghost Crates são as únicas coisas que têm um impacto na missão do oponente, então alguém usando uma Moeda Fantasma poderia jogá-lo e chamar a atenção de NPCs em ambas as versões da partida. É interessante e tem seus momentos, mas também parece o tipo de modo que você deve estar jogando depois de completar a campanha e ter uma ideia dos locais, já que você precisa de um certo nível de consciência para ter sucesso. Além disso, pode levar um pouco de tempo para realizar qualquer coisa ou ganhar, por não saber onde você ou seu próximo alvo será gerado.

No modo Sniper Assassin você pode trabalhar com outro jogador, fazendo com que os jogadores usem o agente 47, Knight e Stone, para tirar um alvo antes que o tempo acabe. Esse modo é divertido, mas achar jogadores não foi fácil.

Conclusão

O Hitman 2 acrescenta pequenas melhorias suficientes para diferenciá-lo do seu antecessor. Locais complexos são recompensadores para explorar, enquanto que o assassinato perfeito continua sendo um dos destaques do stealth.

O jogo é para pessoas que gostaram do Hitman de 2016 e queriam ver mapas mais uniformes e consistentes, ter acesso a equipamentos adicionais para o Agente 47 e, geralmente, obter mais do que eles queriam. Ele tem alguns problemas que podem parecer desarticulados, mas isso é realmente mais perceptível na campanha e não será um problema para as pessoas que querem assumir contratos, caçar alvos, completar desafios e aprender tudo o que precisam saber sobre cada um dos locais no jogo. O Modo Fantasma tem potencial para aqueles que gostam de jogar muito, e o modo Sniper Assassin é divertido, mas simples. Se você é um fã do Agent 47, é hora de pegar sua pasta e colocar o seu terno novamente.

Hitman 2 foi analisado no PlayStation 4 com uma chave disponibilizada pela Warner.

Publicado em 16 de novembro de 2018 às 14:14h.
2018-11-16 14:14:58