Análises Games PC

Análise | Horizon Zero Dawn no PC

  • Compartilhe:
Pop Art SkinsPop Art Skins
Horizon_Zero_Dawn

Horizon Zero Dawn chega agora no PC

Depois de muita espera e expectativa dos fãs, Horizon Zero Dawn Complete Edition finalmente chegou no PC. O exclusivo de PlayStation 4 foi um sucesso crítico e comercial, então o jogo foi recebido muito bem pelos jogadores.

A versão de PC do game roda na mesma engine que o Death Stranding, que recentemente também chegou no PC, depois de ser exclusivo do PS4 por um tempo.

Você já sabe

O que eu posso dizer de um jogo que foi lançado em fevereiro de 2017. Todos já escreveram, falaram, jogaram e destrincharam o jogo da Guerrilla Games de ponta a ponta. 3 anos é muito tempo.

Horizon Zero Dawn

A história é a mesma e os personagens também. Não temos novidades nessa área. É o que você viu e conhece no PS4. Claro, agora temos suporte a monitor ultra wide, 4K a 60FPS.

Essa análise é focada na versão de PC. O jogo é fantástico e épico, merece um 10. Mas aqui vamos falar da parte mais técnica.

Jogo incrível, mas com (muitos) problemas técnicos

O jogo é fantástico, o mesmo que vi quando joguei ele no PS4. Mas, no PC, pensei que ele ia vir ainda melhor, rodando de boas, afinal, ele rodava num console, cheio de limitações.

Infelizmente a versão de PC não veio como eu imaginava. Como falei antes, o jogo usa a Decima Engine, a mesma que Death Stranding usou e trouxe o game no PC. Mas, para Horizon, não tivemos o mesmo polimento.

Ao iniciar o game, você ficara muito, mas muito tempo esperando. Ele fica carregando, vendo as configurações e compilando sombras. Isso é chato, pois é bastante demorado. No meu caso demorei uns 10 minutos, para finalmente sair da tela inicial.

Além disso, uma coisa muito ruim, é não poder pular a cena inicial do jogo. Pois é, no início, depois de esperar tanto tempo, você só pode ir ao meno inicial do jogo depois de ver a cutscene inicial.

Quedas, quedas e quedas

Antes que alguém pergunte, meu PC tem as seguintes especificações: I5 9400F, RTX 2060 e 16 GB RAM. Essa RAM, para esse jogo, é pouca viu, não sei como. Ele consegue usar mais memória que o Modern Warfare.

Rodei ele nas configurações originais e estava rodando a mais ou menos 60 FPS. Mais ou menos por que tem quedas, muitas quedas. Mesmo diminuindo os gráficos ele continua (mesmo travando a 30 FPS, o jogo cai para 28, 29 FPS). É inconsistente, essa é a palavra que define o desempenho do jogo.

Falando em configurações, o jogo tem várias, o que é muito bom. Além disso, ao mexer em cada configuração, como sombra, texturas, etc, o jogo te mostra como vai ficar durante sua gameplay, o que é muito bom para ter um preview das mudanças que você fez.

Versão de PC de Horizon Zero Dawn ganha novo gameplay

Com a mesma engine, Death Stranding roda perfeitamente a 1080p60FPS em um sistema com uma GTX 1060 ou RX 580. Para Horizon, você consegue rodar a 30FPS em 1080p, segundo a Digital Foundry.

Finalizando

Horizon Zero Dawn é um jogo fantástico, com uma história muito boa, gameplay incrível, ambientação nem se fala. O jogo é épico e vale a pena comprar tanto no PS4 quanto no PC.

Infelizmente, se deseja jogar ele, você deve ver sua configuração para rodar ele e/ou esperar por uma correção, algo que os desenvolvedores disseram que estavam focados no momento.

Então sim, o jogo é épico, mas no PC os problemas técnicos atrapalham. Não é injogável, mas a inconsistência deixa tudo mais incomodo.

Horizon Zero Dawn Complete Edition foi analisado no PC com uma chave enviada pela Sony.


Para mais informações sobre games, acompanhe a Manual no Facebook, Twitter, Instagram e através de nosso canal no Youtube.

Publicado em 12 de agosto de 2020 às 10:27h.
2020-08-12 10:27:15