Análises Destaques Games Switch

Análise | Monster Hunter Stories 2: Wings of Ruin

  • Compartilhe:
Pop Art SkinsPop Art Skins

Mas um ótimo Monster Hunter

Monster Hunter Stories 2: Wings of Ruin foi lançado no dia 25 de junho. Com uma proposta de ser mais um título da saga Monster Hunter, mas com pequenas diferenças de seus antecessores.

Lançado para Nintendo Switch, Microsoft Windows o jogo traz elementos novos para a franquia como monstros companheiros, algo visto anteriormente em Monster Hunter Stories e batalhas por turno, fugindo das batalhas clássicas de rpg.

Sistema de batalha

Muitos fãs da franquia podem estranhar Monster Hunter com um sistema de batalha diferente, mas sem dúvida esse novo sistema funciona muito bem. Portanto, não espere as lutas que temos em jogos anteriores da saga, onde o jogador vai ao encontro do monstro e enfrenta ele no mano-a-mano. Neste novo sistema as lutas acontecem por turno, onde o jogador vai ao encontro do monstro e entra em batalha com ele, indo para uma nova tela onde acontecerá a batalha, no estilo que vemos nos jogos da saga Pokémon.

E dentro da batalha, ai que a mágica acontece, pois as batalhas acontecem de maneira tão fluída e dinâmica, que não se torna enjoativo em momento algum. Ainda mais pelo fator de termos sempre monstros companheiros para nos auxiliar na batalha, e cada monstro com um sistema de ataques e especiais diferentes um dos outros.

Portanto, esse novo sistema de batalha se encaixa perfeitamente aos moldes do jogo. Mas você pode estar se perguntando como funiona a batalha. Pois bem, não é tão complicado, primeiramente encontramos o monstro que desejamos enfrentar, e entrando na tela de batalha nos deparamos com uma série de ataques que podemos efetuar, junto as nosso companheiro caçador ou junto ao nosso monstro companheiro, ou até mesmo individualmente. Após isso pode haver um confronto chamado cara-a-cara, onde você que atacar o monstro e o monstro quer te atacar, ai entra um sistema parecido com “Jokenpô” onde os atributos como velocidade, força etc determinam que atacará primeiro.

E sem dúvida esse combate funciona muito bem, pois o número de monstro é muito vasta e o números de ataques diferenciados também. Além do fato de que cada monstro possuí uma animação de especial diferente, fazendo o jogador ir em busca de todos, só para ver como é o especial deles. Outro fator que contribui para o combate ser praticamente perfeito, é que ele não enjoa, e se você me perguntar a mais e quando você já está bem avançado e forte no game, eu repondo, ai é que tá o jogo já previu isso e colocou dentro do game uma função onde apetando os dois gatilhos traseiros do Switch você vence automaticamente inimigos mais fracos e recolhe todos os loots dele.

História

Dando um resumo aqui para não estragar a experiência de que via jogar, a história começa quando Uma misteriosa garota chamada Ena confia um ovo de Rathalos ao jogador, e então os dois partem para descobrir a razão para o súbito desaparecimento dos Rathalos no mundo inteiro, e a verdade por trás da apocalíptica profecia das Asas da Ruína. E sem sombra de dúvidas o enredo te prenderá do começo ao fim. E no decorrer o jogador irá conhecendo mais sobre o mundo e consequentemente evoluindo conforme avança na história.

Ambientação

Um mundo muito rico e vasto para se explorar e ir em busca de monstros. O mundo de Monster Hunter Stories 2, é incrível, cheio de biomas que mudam sua fauna e flora, e com certeza você passará horas explorando o mundo do game. Principalmente por haver o sistema de ir atrás de monstros que ficam em regiões especificas, fazendo com que o jogador vá atrás de cada um dos monstros. Mas para isso você pode contar com seu monstro parceiro, no qual você pode montar e andar pelo mapa com uma maior rapidez.

Pontos Negativos

Embora sejam bem poucos ainda existem, são erros que presenciei durante a gameplay, mas que incomodaram mais não afetaram a experiência como um todo. Sendo eles como não entrar em batalhas ao chegar perto dos monstros ou não conseguir sair de uma batalha na qual você não queria lutar, e pequenos bugs como monstros sumindo ou indicados no mapa mas que não estão lá. mas tirando esses pequenos erros não tive mais problemas com o título.

Considerações finais

Monster Hunter Stories 2: Wings of Ruin é um excelente jogo, altamente recomendado, principalmente para fãs da saga Monster Hunter e para aqueles que gostam de jogos com batalhas de turnos, ou até mesmo para quem quiser conhecer a saga pode começar por esse título. Por todos esses fatores citados acima, minha nota para Monster Hunter Stories 2: Wings of Ruin.

monster-hunter

Esta Análise foi feito com uma cópia cedida pela Capcom


Para mais informações sobre games, acompanhe a Manual no Facebook, Twitter, Instagram e através de nosso canal no Youtube.

Publicado em 15 de julho de 2021 às 09:57h.
2021-07-15 09:57:16