Análise Análises Destaque Jogos Lançamentos Microsoft Notícias Notícias PC Playstation Sony Xbox One

Análise | Mortal Kombat 11

  • Compartilhe:
Pop Art SkinsPop Art Skins

Mortal Kombat é uma das franquias mais antigas de jogos de luta e fez sucesso em todas as gerações de consoles. Depois de ficar 4 anos no escuro após o lançamento de Mortal Kombat X, a NetherRealm resolveu retornar com o carro-chefe da empresa, trazendo muitas novidades e novas mecânicas que vão agradar aos novos jogadores e aos fãs. Então insira a ficha e aperte Start para conferir a nossa análise!       

Depois de anos, uma nova história…

Diferente dos últimos jogos da franquia, em que a história se passava nos eventos dos primeiros torneios, onde a intervenção do Deus do Trovão, Raiden, alterou a linha temporal para livrar o mundo de uma catástrofe, fazendo com que se criassem novos eventos e novos destinos. Após várias alterações no destino, a deusa anciã Kronika, que controla o tempo, ficou descontente com as mudanças do Raiden. Ela resolve criar uma máquina do tempo para consertar toda as linhas temporais e se livrar do causador dessa confusão. Mas para isso ela vai precisar da ajuda dos lutadores do presente e do passado para confrontar a resistência, enquanto acumula força suficiente para ativar a máquina e acabar com Raiden.          

É hora do Fight!

 As lutas do Mortal Kombat 11 trazem uma grande mudança em comparação à versão anterior. O game passado era mais acelerado e com isso era possível causar mais danos em pouco tempo, fazendo, inclusive, com que adversário mal tocasse o chão.  A NetherRealm Studios resolve deixar o jogo mais chamativo para novo público com combate “justo” e o jogo ficou mais pé no chão.

Agora cada lutador tem suas barras de ataque e defesa que vão enchendo automaticamente durante a luta. Com a barra de ataque o lutador consegue fazer um ataque simples se tornar mais devastador e com isso causar mais danos no adversário. A barra de defesa ajudar a quebrar os combos que você estava levando, além de conseguir arremessar e usar itens do cenário. O jogo conta com o X-Ray, que mudou de nome para Fatal Brow, que são aquelas animações de ataques que vão destruindo o adversário, como um especial. Esse comando pode ser usado apenas uma vez por round.              

O jogo de luta mais bonito dessa geração

 Mortal kombat 11 definitivamente é o jogo mais bonito de luta dessa geração! O game foi desenvolvido na Unreal Engine 3 personalizada pela equipe da NetherRealm. As animações dos lutadores no modo história e as modelagens deles nos combates estão muito bem trabalhadas e contam com vários efeitos de iluminação que parecem com a tecnologia Xtacy, da Nvidia. Os cenários do game também surpreendem pela beleza e aspecto realista. O game enche os nossos olhos pela altíssima qualidade nos gráficos. Diferente do jogo anterior, a NetherRealm caprichou na dublagem local, utilizando profissionais da área, que deixou os lutadores mais naturais e menos robotizados no modo história, coisa que o público reclamou muito no Mortal Kombat 10.         

Muitas coisas pra fazer

MK 11 tem vários modos que você pode desfrutar por horas, além do modo história, combate offline e online. O jogo tem as torres com vários desafios e também finais individuais de cada lutador. Os desafios que você completa nas torres vai adquirindo moedas para usar na Krypt que você pode conseguir novas Skins e armas para os personagens, são muitas opções que você tem para customizar os personagens. O problema é que é preciso fazer muitos desafios para conseguir pontos suficiente para abrir os lootboxes. A NetherRealm prometeu lançar uma atualização para facilitar nos ganhos.          

Conclusão

Mortal Kombat 11 traz de volta o que tem de melhor da franquia, com novos recursos, personagens inéditos, além de trazer um combate mais competitivo que vai chamar atenção dos iniciantes. Os Fatalities são os mais violentos da série e vai agradar aos fãs mais antigos. MK 11 é um ótimo game de luta para quem está querendo se divertir por meses.          
Mortal kombat 11 foi gentilmente cedido à Manual dos Games para análise pela Warner Games Brasil“

Publicado em 3 de maio de 2019 às 14:44h.
2019-05-03 14:44:23