Análises Jogos Lançamentos PC Playstation Xbox One

Análise | RAGE 2

  • Compartilhe:
Pop Art SkinsPop Art Skins

RAGE 2 é a sequencia do RAGE original e foi desenvolvido pela id Software junto com a Avalanche Studios e distribuído pela Bethesda.

O jogo se passa em um mundo pós-apocalítico onde um asteroide aniquilou 80% da população da Terra, e a humanidade está à beira da extinção. Gangues sanguinárias vagam pelo mundo que parece muito com Max Max, e a tirânica Autoridade (os inimigos no jogo) busca dominar a todos com punhos de ferro.

Você é Walker (que pode ser homem ou mulher), o último Ranger que ameaça o poder da Autoridade. Sua história começa quando seu lar foi tomado e você ficou à beira da morte. Agora, você precisa lutar pela justiça e pela liberdade, lutando contra gangues para encontrar as ferramentas e a tecnologia necessárias para combater a Autoridade e esmagar seu regime.

Gameplay

Como sempre, comparações com outros jogos são inevitáveis. Com o RAGE 2 não é diferente: pegue a ação que vimos e jogamos em Doom e misture com o estilo de mundo pós-apocalíptico Mad Max, este é RAGE 2. Esse é um grande resumo deste insano e super-divertido jogo. Existem acampamentos de bandidos, mutantes e monstros gigantes, todos prontos para matar. Então, você como Walker deve se preparar bem, pois não é fácil.

Você tem diversas habilidades no jogo, como pulo duplo e desviar, mas a principal é o Overdrive, que aumenta drasticamente o dano, regenera a vida e muito mais conforme você avança no game.

Ao jogar você já pode explorar o mundo de RAGE 2. Logo de início fui tentando invadir bases e matar todos na minha frente mas não é assim. Você precisa melhorar suas armas, pegar novas armas, usar os itens que encontrar, encontrar e treinar novas habilidades e claro, ir melhorando seu estilo de jogo.

Tirando essa escalada de dificuldade e aprimoramento, o jogo é extremamente simples. Vá até um local, mate todos os inimigos, abra todas as caixas e a arca, pegue tudo que puder e vá para o próximo local. Nesse caminho que você faz você encontrará inimigos para atropelar, mas não são muitos e as estradas são bem tranquilas (menos quando você encontra algum bloqueio).

De tudo que RAGE 2 pode oferecer, se dúvida, o ponto mais forte é a ação e as armas. Tanto as armas quanto as habilidades são atualizáveis. Todas as armas têm opções secundárias de tiro que mudam a maneira como elas funcionam. Você pode ter a mesma arma, mas com a modificação ela vira outra arma e te dá novas possibilidades. Isso que deixa o jogo interessante ao jogador, mas você tem que persistir e encontrar melhores itens, armas e habilidades.

Os personagens que você encontra no jogo muitas vezes são muito fascinantes. Temos personagens que voltaram do jogo original também.

A única área que eu não curti muito e me pareceu estranho demais foi ao dirigir os veículos. Dirigir entre alguns pontos de missão pode parecer um pouco complicado e os pontos de viagem rápidos são distantes entre si. O que me decepciona com isso é que a Avalanche estava por trás do Mad Max, um jogo que tinha um incrível e divertido combate com veículos.

Os inimigos as vezes são meio burros também. Ao encontrar eles no caminho eles parecem querer pular na frente do carro para morrerem atropelados. Quando chego perto com algum veiculo em uma base inimiga eles vem ao meu encontro para tomar bala dele ao invés de se protegerem.

Vale mencionar também que, você pode roubar praticamente qualquer veículo do jogo, mas o único que vale a pena dirigir é o seu. Não há muito uso para os veículos inimigos a não ser que você está a pé ou quer testar um ou outro.

Finalizando

Como mencionei antes, tenha um pouco de paciência. O começo lento e o mundo aberto sem muita inspiração podem atrapalhar o seu desenvolvimento nele, mas é um jogo que realmente chama a atenção quando se fala em diversão e loucura.

Ele é extremamente divertido, cheio de coisas para fazer, e essas atividades secundárias são insanamente divertidas e o personagem principal, Walker, FALA , fala muito e é extremamente divertido e se encaixa perfeitamente. Sei que isso pode parecer idiota mas para mim é extremamente chato quando o personagem principal de um jogo não fala nada enquanto todos interagem com ele. Então, para mim, um ponto a mais.

Depois de você tunar seu personagem com habilidades que se adequam ao modo e armas ainda melhores, você vai se divertir demais. É uma mistura épica de DOOM, Quake e Mad Max. Se você quer um jogo divertido, fácil de jogar e cheio de atividades incríveis, este é o seu jogo.

RAGE 2 foi analisado no PlayStation 4 com uma key disponibilizada pela Bethesda Brasil.

Publicado em 21 de maio de 2019 às 07:00h.
2019-05-21 07:00:58