Análises Destaque Games PC Playstation Xbox

Análise | They Are Billions (Ps4)

  • Compartilhe:
Pop Art SkinsPop Art Skins

Lançado em meados de julho, They Are Billions trata-se de um jogo de estratégia desenvolvido e publicado para Playstation 4, Xbox One e PC pela Numantian Games. Mas este não é mais um jogo de estratégia comum, ele traz elementos inovadores que adiciona um tempero especial ao gênero.

Aqui, além de administrar recursos naturais, financeiros e militares das suas cidades, você terá que lidar com constantes invasões de gigantescas hordas de zumbis que infestam o mundo!

THE WALKING DEAD

A ambientação de They Are Billions é impressionante, isso se dá pelo design de arte que adota um visual cyberpunk distópico, com cenários quase sempre mórbidos e uma trilha sonora pesada, que passa um clima de desesperança ao jogador. O jogo possui uma linha de narrativa bem construída por intermédio de uma longa campanha, que se passa em um futuro distante, onde a humanidade quase que completamente destruída por um apocalipse zumbi.

Os poucos sobreviventes habitam o fundo de uma cratera formada pelo impacto de um meteoro, e com o avanço da tecnologia e parcial recuperação de uma organização hierárquica funcional, sob a liderança de um ambicioso líder, Quintus Crane, planejam retomar o espaço perdido para os mortos-vivos. Porém essa não será uma tarefa fácil, eles são bilhões, e estão espalhados em hordas com milhares de indivíduos em todo o planeta.

Caberá a você, sob a tutela de Crane, organizar uma colônia de exploradores e criar cidades fortificadas e autossuficientes, dando início a retomada da terra pela humanidade.

UM JOGO DE ESTRATÉGIA COM ELEMENTOS DE TOWER DEFENSE

They Are Billions é um jogo de estratégia em que a gameplay consiste essencialmente na construção e manutenção de colônias capazes de abrigar parte do que restou da humanidade. De maneira geral, a jogatina é muito similar a jogos clássicos de como Civilization. Você terá a sua disposição uma infinidade de construções, que variam desde a criação de mais espaço para acolher cidadãos, acumulo recursos naturais, gerar energia, até a fundamental força militar, que será uma parte central de todo o jogo.

No início das partidas você terá apenas uma “prefeitura” e alguns soldados, por intermédio dessa unidade central poderá gradualmente construir as demais, e ao longo de TODA a campanha, pequenos grupos de zumbis vão atacar a cidade, inicialmente os poucos soldados serão o suficiente para deter o avanço deles, mas essa realidade muda muito rapidamente, e pode te pegar desprevenido em vários momentos do jogo.

É fundamental que toda a sua cidade seja fortificada com uma muralha e torres de vigia estrategicamente posicionadas, e mesmo isso pode não ser o suficiente para deter as hordas que te atacarão em determinados momentos. A mecânica de hordas funciona de maneira muito interessante, você receberá um aviso, te informando que um bando de centenas de zumbis se aproxima da sua cidade, e terá um tempo cronometrado na tela para se preparar, boa sorte!

Os zumbies, quando isolados são lentos e fáceis de matar, mas quando em hordas, funcionam como uma unidade compacta e incrivelmente destrutiva. Caberá a sua força militar deter o avanço deles. E por falar em soldados, há uma quantidade satisfatória de unidades militares disponíveis.

Mas nem tudo são flores, They Are Billions é incrível, a trilha sonora é bacana, o design de arte com sua ambientação cyberpunk é impecável e faz você imergir no jogo como poucos títulos do gênero é capaz de fazer, se estivéssemos analisando a versão para PC, este título seguramente receberia uma nota muito próxima de 10, porém a versão recebida para análise é uma adaptação para os consoles, e do meu ponto de vista, o esquema dos controles de jogos de estratégia desse gênero não funcionam, e nunca funcionarão bem em joysticks, o uso do mouse e teclado aqui é fundamental.

Além de ter problemas com o dimensionamento das fontes utilizadas nos textos, que são minúsculos, com o joystick você simplesmente não terá a versatilidade para a elaboração de estratégias e controle de unidades que um mouse e teclado te proporcionam, o que é um fato limitante imperdoável para esse tipo de game.

VALE A PENA JOGAR?

They Are Billions é indispensável para os fãs de games de estratégia que seguem a linha de Civilization. Traz ainda um elemento inovador que lhe dá uma característica única que modifica definitivamente o estilo de gameplay. Sua ambientação gráfica e trilhas sonoras são impecáveis, e como um bom fã do gênero, já garanti a minha cópia, na Steam é claro!

A adaptação para os consoles deve ser a sua última opção, se o título realmente te interessa, compra ele para PC, porém se você só joga de console e quer muito experimentar, é possível que após algum tempo consiga se adaptar ao joystick. A quantidade de conteúdo compensa o preço cobrado, só a campanha principal dura em média 60h, e você terá ainda o modo arcade com partidas personalizadas e três modos de dificuldade que tornam o gameplay virtualmente infinito.

Publicado em 2 de agosto de 2019 às 10:51h.
2019-08-02 10:51:12