Análises Games

Análise | Transformers: Campos de Batalha

  • Compartilhe:
Pop Art SkinsPop Art Skins
Transformers: Campos de Batalha

Transformers: Campos de Batalha é simples e divertido

Transformers são robôs alienígenas fictícios de uma franquia popular da Hasbro, capazes de transformar seus corpos em objetos inócuos como veículos. O primeiro game da franquia deu as caras em 1986 (Eu nem tinha nascido), em The Transformers para computadores domésticos Sinclair Spectrum e Commodore 64. Além disso, a franquia ganhou as telonas em 2007, com o longa Transformers: o filme.

Agora, BUMBLEBEE e sua turma tem uma nova missão no título desenvolvido pela Coatsink e publicado pela editora Outright Games.

MEGATRON, líder dos Decepticons, chegou na terra e está prestes a capturar o Allspark, BUMBLEBEE e os Autobots precisam puxar o freio de mão dos vilões e por um fim a esse congestionamento de maldade.

Transformers: Campos de Batalha

A história

A narrativa do game é bem sútil, e está ali como um plano de fundo para os combates frenéticos do título de combate em turnos. Apesar de ter uma narrativa bem genérica e apagada, ela é bem contada e pode estimular principalmente os fãs da saga. 

A duração de campanha pode ser considerada como ok, levando em conta os quatro atos e vinte níveis disponíveis no modo história. Transformers: Campos de Batalha está longe de ser um grande desafio, embora as coisas compliquem um pouco nos níveis posteriores. Nosso objetivo no game é apenas limpar todos os inimigos da tela e, assim, alcançar o próximo nível.

Um ponto negativo são as repetições de objetivos no início, isso pode te fazer enjoar do game em poucas horas. Entretanto, com o avançar da campanha, as coisas ficam um pouco menos monótonas. 

Transformers: Campos de Batalha

Gameplay

Escolha seu próximo passo, seu ataque e aguarde o adversário atacar. Em suma, Transformers: Campo de Batalha segue a receitinha de bolo de jogos do gênero de estratégia. O game pode ser considerado um XCOM jr. 

A cada rodada, você tem uma quantidade limitada de pontos de ação, que podem ser usados para se movimentar pelo mapa ou selecionar um dos vários ataques disponíveis. Os pontos de ação não utilizados são convertidos em Energon, e quando o medidor de Energon estiver cheio pela metade, você pode usar os ultimates de sua equipe.

Transformers: Campos de Batalha

Modos de jogo

Além da campanha, você encontra os modos Capture the Flag, Energon Capture, Last Stand, Destruction e Decepticon Grudge Match, que permite que você jogue como Decepticons. Todos esses são jogos de arcade curtos com uma mecânica simples.

Vale ressaltar que estes modos não são  jogados online, apenas com o multijogador local. Isso é bom, mas é uma pena o título não contar com suporte para multijogador online.

O jogo está localizado com legendas em português do Brasil, o que o torna mais acessível.

Transformers: Campos de Batalha

Parece jogo de PlayStation 1?

Graficamente, Transformes Campos de Batalha entrega um visual muito distante dos padrões da geração atual, é tudo muito simples, mas isso está longe de ser um defeito. Embora não represente a modernidade da atual geração, os gráficos são bonitos dentro da proposta do jogo. Já a trilha sonora é bem tímida – talvez você nem note que o game tem uma.

Transformers: Campos de Batalha

Conclusão:

Transformers: Campos de Batalha é um jogo simples, divertido e pode encantar principalmente os mais jovens. Apesar de seguir a receitinha de XCOM, o jogo é mais acessível e pode ser uma ótima porta de entrada para o gênero. Apesar de simples, os gráficos são bonitos e os personagens da saga estão lá! Fãs da franquia Trasnformes podem ter um motivo a mais para adquirir o game.

Transformers: Campos de Batalha foi avaliado em um PlayStation 4 com uma cópia gentilmente cedida pelo estúdio.

Transformers: Campos de Batalha

Transformers Campos de Batalha está disponível para PS4 e XBOX One, mas também é jogável através da retrocompatibilidade do PS5 e Xbox Series S|X.


Para mais informações sobre games, acompanhe a Manual no Facebook, Twitter, Instagram e através de nosso canal no Youtube.

Publicado em 30 de outubro de 2020 às 10:57h.
2020-10-30 10:57:06