Análises Games Nintendo

Análise | What the Golf?

  • Compartilhe:
Pop Art SkinsPop Art Skins

Confira nossa análise de What the Golf?

Eu, um apaixonado por jogos de esporte trago a vocês uma nova análise de um game esportivo, mas este não é qualquer jogo de esporte normal, esse é a análise do jogo de golfe mais divertido do mundo, eu estou falando de What the Golf?.

Toda vez que falo o nome do jogo, me vem na cabeça a música do game, que em uma parte, canta What the Golf, de forma muito melódica e viciante para meu cérebro, aparentemente.

O game foi analisado por mim no Nintendo Switch e a mistura da praticidade do híbrido da Nintendo com este game é fantástica. Ele tem controles simples e tem uma gameplay divertida, o que facilita para jogar em qualquer lugar.

Golf é chato?? Aqui não queridinha!!

Espere o inesperado, essa é a frase que posso dizer a vocês. Cada fase deste jogo é único, com elementos, objetos e dinâmicas para chegar no objetivo final, que, às vezes, não é chegar com a bola no buraco ( ͡° ͜ʖ ͡°).

What the Golf traz muitas loucuras em cada fase, o que deixa você viciado em querer saber como será o próximo buraco, ou não. Em algumas fases você é o buraco, em outras, você é o taco, em outras, uma bola que está jogando uma fase do Mario, ou até mesmo Donkey Kong, ou melhor, Donkey Golf.

As referências a outros jogos estão por todo lugar, temos as que eu falei acima, mas temos outras muito boas como Flappy Bird e Rocket League. São vários estilos de jogos que foram transformados em golf, e é extremamente bem feito e bem transformado para o esporte.

Uma das fases que eu mais gostei foi sem dúvida a baseada em Super Hot. O game que se move quando você se move. E meus amigos, como a gameplay ficou legal nestas fases. Jogabilidade única, não só nestas, mas em todas as fases.

What the Golf

Aaaaah, e temos minijogos também. Vários para jogar com os amigos, mas se você tiver mais que dois, já era. Joguei com minha namorada e me diverti demais com ele, essa adição para o multiplayer local, com muita loucura, foi bem feita.

Roda bem, muito bem

Na parte técnica do jogo, não temos o que reclamar. A gameplay do jogo é lisa, sem problemas e os controles ficam bem no Switch. Como disse, jogar ele por aí, onde quiser, é muito bom e não tive problemas.

A trilha sonora é boa, boa demais. Eu falei antes da música na minha cabeça certo? Então, isso já diz muito sobre as músicas. Os efeitos especiais também estão no ponto e deixam tudo mais orgânico.

Finalizando

O jogo tem muita, mas muita coisa. Parece que ele mal começou a usar tudo que ele pode. Toda fase parece que poderia ser usada ainda mais, em mais fases. Mas talvez isso possa tornar a gameplay chata.

Depois de muitas horas, você pode ficar entendiado, mesmo que o jogo inove a cada buraco, ou bola, ou TV, ou Mario… como disse, cada fase você é algo diferente, tentando fazer alguma coisa diferente.

What the Golf foi analisado no Nintendo Switch.


Para mais informações sobre games, acompanhe a Manual no Facebook, Twitter, Instagram e através de nosso canal no Youtube.

Publicado em 29 de julho de 2020 às 10:10h.
2020-07-29 10:10:50