Análises Games PlayStation Sony Xbox

Análise | Xuan-Yuan Sword VII

  • Compartilhe:
Pop Art SkinsPop Art Skins
Xuan-Yuan Sword VII

Uma aventura fantástica em território Chinês!

Xuan-Yuan Sword VII é uma história envolvente e espetacular, que transita entre uma tragédia familiar e uma jornada de superação e amor ao próximo.

O game apresenta a mitologia chinesa de forma majestosa e de uma maneira fidedigna!  Desenvolvido pela Domo Studio e Softstar, é o sétimo jogo da saga que foi iniciada em 1990. 

Enredo

O jogo se inicia com nosso protagonista, Taishi Zhao, despertando em sua casa ao sons de lobos uivando, após enfrentá-los devemos colher e preparar medicamentos para nossa irmã menor Xiang.

Após terminar o medicamento, voltamos ao passado, a 13 anos atrás para ser mais exato, com uma linda apresentação da China feudal e as origens de sua familia.

Após conclusão desse flashback, realmente daremos início à Xuan-Yuan Sword VII, e por motivos que não posso revelar, iniciamos uma peregrinação até o Monte Shang após fazer um trato com uma divindade.

Essa divindade traz um tom de leveza ao jogo e em alguns momentos até ironia, mas durante a campanha, você será surpreendido por ele(a).

Outro ponto forte da história é que todo personagem que é apresentado tem participação importante no jogo, a história está bem fechada com todos os envolvidos.

(Imagem: Reprodução/João Paulo Fernandes)

Introdução da mitologia Chinesa

Antes de falar do jogo em si, vamos fazer uma pequena introdução da mitologia chinesa, que se trata da jornada ao oeste (Journey to the West) que já foi retrata de diversas formas, inclusive filmes como Journey to the West: Conquering the Demons, que foi avaliado em 94% no Rotten Tomatoes, recentemente temos também referência da mitologia em HQ (histórias em quadrinhos) conhecida como o Rei Macaco e um dos personagens mais históricos do mundo dos animes foi inspirado nessa mitologia, sim ele mesmo! O Son Goku de Dragon Ball.

Para finalizar a explicação, a jornada ao oeste consiste em realizar uma peregrinação da China até a Índia em um trajeto infestado de criaturas míticas que podem ser, animais, demônios e criatura mitológica e o game traz muita referência desse gênero.Xuan-Yuan Sword VII

Jogabilidade

O gênero do jogo é ARPG, que seria ação com muito combate e quick time events (pressionar o botão solicitado na hora que corresponde) e com elementos de RPG, podemos mudar nossos equipamentos para ganhar mais atributos em uma determinada função, utilizar poções para recuperar nossa vida e criar novos equipamentos, melhorar nossas armas e criar itens, recolhendo os materiais necessários.

O jogo também traz missões secundarias, nada desafiador, porém é uma forma de conhecer mais profundamente o mundo e até mesmo saber mais sobre a cultura chinesa, onde existe uma missão divertida de se jogar damas Zhuolu (damas chinesas), uma forma simplificada do Gwent que temos em The Witcher.

Também temos uma árvore de habilidade que, de acordo com o progresso, vamos desbloqueando novos ataques no jogo e também temos personagens que vão nos auxiliar nas lutas, isso deixa o gameplay e combate mais dinâmico, pois cada personagem possui sua habilidade única que pode ser utilizada ao estarem aptos.

Combate

Falando em combate, as batalhas do jogo remetem muito a Sekiro, onde vamos encontrar áreas com muitos inimigos e é necessário explorar as regiões do jogo com cautela para enfrentar o menor número de inimigos possíveis.

Os chefes são desafiadores e cada um tem seu charme, criaturas gigantes que são auxiliadas por monstros comuns, isso deixa o combate bastante difícil, já que temos que lidar com uma grande criatura que é mais forte e tem ataques rápidos e fortes, temos também criaturas menores te atacando e impossibilitando de criar uma estratégia.

Ainda bebendo da mesma fonte de Sekiro, as criaturas possuem sua barra de vida, que ao zerar, vão morrer e também sua barra de staminia, que ao chegar ao fim, terão sua guarda aberta e podemos realizar uma execução direta. Caso seja um chefe, podemos tirar muito de sua vida, mas não iremos matá-lo instantaneamente, a menos que, esteja com pouca vida ao sofre a execução.

Gameplay

Existe um sistema de viagem rápida, isso facilita muito a locomoção dentro do jogo.

Durante a gameplay, nos deparamos com puzzles que tem uma proposta interessante no jogo, porém para executar os comandos ou ver as ações de cada movimento de um puzzle pode ser um pouco frustrante por ter uma lenta animação.

O mundo é aberto e temos que visitar cidades, avançando no jogo, podemos abrir novos caminhos para outras cidades e em alguns pontos específicos, teremos que ir à cavernas para buscar algum artefato ou investigar algo.

Gráfico

O gráfico do jogo é maravilhoso, as estruturas apresentadas, vestimentas dos personagens e a vegetação são bem projetadas e bonitas, a única falha a meu ver são as expressões dos personagens, não reagem com feições de acordo com suas falas.

Mas isso não tira o encanto de admirar as áreas dos jogos e construções, outro detalhe são os vilarejos, são movimentados, mas às vezes parecem que eles foram copiados e colados, são muito similares.
 (Imagem: Reprodução/João Paulo Fernandes)

Áudio

O áudio do jogo é espetacular, os sons de batalhas te introduzem para dentro do jogo e as poucas músicas que o game apresenta são de uma sutileza total, me agradou muito! E não posso deixar de citar a música de ninar, cantada pelos personagens, algo muito bem feito e emocionante.

“Luar pálido, noite mais longa.
Você vai brilhar na minha cama?
Mantenha Xiang em seu brilho constante;
abençoe cada dia, cada passo, cada sonho.
Desejo que você tenha uma noite quente e sonhadora.”

Pontos a melhorar

Um dos pequenos problemas do jogo é a atualização das missões, ao chegar em um ponto específico ou completar uma missão, às vezes o jogo sofre com pequenas travadas de 1 ou 2 segundos, nada que afete sua experiência.

O jogo também não conta com legendas em português, dificultando a compreensão, mas existe a possibilidade de jogar com legendas em inglês ou espanhol.

Vale a pena jogar Xuan-Yuan Sword VII?

Sim e muito, é um jogo que foge das temáticas tradicionais mas ao mesmo tempo encontramos muitas referências de outros jogos e também tem, sua própria identidade, a história é envolvente e o desdobramento te deixa instigado a continuar jogando.


Xuan-Yuan Sword VII foi analisado em um PS4 Pro com uma cópia gentilmente cedida pela Softstar.


Para mais informações sobre games, acompanhe a Manual no Facebook, Twitter, Instagram e através de nosso canal no Youtube.

Publicado em 30 de setembro de 2021 às 15:07h.
2021-09-30 15:07:32