Crianças que jogam videogames leem mais diz pesquisa

Novo estudo sobre videogames

Vários estudos surgiram nos últimos anos derrubando a alegação de que os videogames causam comportamento violento. Embora evidências recentes indiquem que os pais provavelmente não precisam se preocupar com isso, os estudos também estão revelando que existem algumas maneiras pelas quais os jogadores podem se beneficiar dos jogos.

O novo estudo vem do Reino Unido e do National Literacy Trust, que analisou cerca de 5.000 jogadores com idades entre 11 e 16 anos. De acordo com um comunicado, uma média de 2 em 5 jogadores estavam mais motivados para ler sobre jogos de fontes como sites de notícias e livros depois de jogar. Além disso, o estudo revelou que impressionantes 73% dos jogadores disseram que os jogos os faziam sentir que faziam parte de uma história, aumentando seu interesse por narrativas de uma forma que poderia potencialmente levar à leitura ou escrita.

videogames

As crianças do estudo observaram que os jogos as ajudaram a se imaginar no lugar de outra pessoa, indicando que os videogames podem ter um impacto no desenvolvimento da empatia das crianças. Além disso, uma grande quantidade de participantes usou videogames para manter contato com amigos e familiares durante o a pandemia de COVID-19, dando-lhes uma maneira de se manterem envolvidos emocionalmente, mesmo a distância física. As crianças não foram as únicas envolvidas, pois 60% dos pais entrevistados consideraram que conversar nos jogos ajudava a apoiar a saúde mental dos filhos.

Gostando de nossos conteúdos? Nos ajude compartilhando.

Gostando de nossos conteúdos? Nos ajude compartilhando.​

VEJA TAMBÉM

Comentários: