Dota 2 | Valve bane time sul-americano por usar mouse programável

A Valve desclassificou a equipe Thunder Predator de Dota 2 de seu próximo The International 2018 por usar um mouse para jogos programável. Com uso dele equipe teve uma “vantagem injusta”, segundo o organizador do concurso, a FACEIT , durante as eliminatórias da América do Sul, o que os impede de avançar para a competição de $ 15 milhões em agosto.

Segundo revelado, o jogador da Thunder Predator que usou o mouse foi AtuuN. Para ver todo o processo que ele usou que acabou beneficiando a equipe, é só clicar aqui.

“O jogador do nosso time ‘Atún’ tem um mouse Razer Synapse, que, como qualquer jogador profissional, colocou sua própria configuração manual para poder ter um melhor uso do Hardware em benefício de seu desempenho eficiente em cada um dos jogos disputados.”, diz a Thunder Predator em sua página oficial no Facebook . “Desta forma, destacamos o fato de que nenhum tipo de hack foi usado.”

Thunder Predator sugere que tem sido difícil. “É por isso que através deste anúncio, denunciamos essa acusação, afirmando que em nenhum momento, nosso jogador usa qualquer tipo de hack ou programa particular que facilitou seu jogo antes do jogo, ontem, com a equipe do SG. ” 

Gostando de nossos conteúdos? Nos ajude compartilhando.

Gostando de nossos conteúdos? Nos ajude compartilhando.​

VEJA TAMBÉM

Comentários: