Especial | Como a saga Far Cry usa de forma magistral o vilão

Vilãos em Far Cry

Far Cry é sem dúvidas uma das saga mais amadas do mundo dos games, e parte disso é por terem sempre uma trama envolvente e com vilões marcantes.

Desde Far Cry 3, com o icônico Vaas Montenegro como vilão principal que a Ubisoft encontrou sua fonte de sucesso para a série, sempre trazendo vilões como a principal imagem do jogo e consequentemente voltando todas as atenções para eles até como principal forma de vender o jogo, tenha em vista o que está sendo feito com Far Cry 6 chamando Giancarlo Esposito, um grande ator para fazer o papel de grande vilão do jogo.Far Cry

Mas você já parou pra pensar como os vilões de Far Cry são bem desenvolvidos e como eles movem o enredo do game?

É isso que vamos te contar neste especial.

Para começar, temos em todos os jogos uma introdução marcante do vilão sendo Vaas matando o irmão do protagonista, Pagan Min chegando no helicóptero ao som de The Clash, ou Joseph Seed no inicio de Far Cry 5. Todos começam humilhando o protagonista, para posteriormente ele cair na real que está em um lugar onde sua vida realmente corre risco, e assim começar sua jornada de se tornar o herói da história.Joseph Seed

Essa trajetória do herói se tornar propriamente um herói é chamada de jornada do herói, onde o espectador acompanha a ascensão do personagem até seu estado de poder máximo, uma clara demonstração disso são os filmes de origem dos heróis da Marvel.

Mas em Far Cry essa história é feita de forma primorosa, de um jeito que o jogador sente que sempre está em um lugar hostil e sendo observado por um mal maior no caso os vilões. E para ter ainda mais essas sensações, o protagonista e o vilão se encontram poucas vezes durante a aventura, dando ainda mais a impressão de que aquele inimigo parece ser intocável e superior.

Portanto, todos esses elementos de roteiro contribuem para uma imersão total dentro do mundo do jogo, ajudando assim a experiência ser sempre marcante ao jogador.Vaas

E assim, depois de horas e horas de gameplay o protagonista chega ao seu ápice de habilidades e vai ao encontro do vilão para derrotar e assim o faz, dando fim ao regime autoritário do vilão.

Uma prova de como o vilão é o pilar central da franquia, é de a maioria dos jogadores sabe o nome dos vilões décor, mas o do protagonista muitas vezes já esqueceu ou demora para lembrar, e é justamente isso que os produtores do jogo esperam de você, que você goste mais do vilão do que do protagonista, invertendo assim os papéis habituais. E é isso que torna Far Cry uma franquia tão maravilhosa.

E o próximo jogo da franquia está preste a chegar, no dia 7 de outubro com Far Cry 6, onde você é Dani Rojas e terá que tirar a ilha de Yara das mãos do temido ditador Antón Castillo (Giancarlo Esposito).

Não percam a oportunidade de fazer a pré-venda da edição física do game!

Garanta o seu aqui na Amazon:

Veja Também: 

Gostando de nossos conteúdos? Nos ajude compartilhando.

Gostando de nossos conteúdos? Nos ajude compartilhando.​

VEJA TAMBÉM

Comentários: