Estúdio indie não trabalhará mais com a Team17 após anúncio de NFTs

Atualização:

Em publicação no Twitter, a Team17 anunciou que desistiu do projeto NFT de Worms.

“Estamos anunciando um fim para o projeto MetaWorms. Nós ouvimos nossos teamsters, desenvolvedores parceiros e as comunidades de nossos jogos, e as preocupações que eles expressaram. Com isso, tomamos a decisão de sair do espaço NFT.”

Fim da atualização.


Os NFTs vêm gerando polêmicas por todos os lados, sobretudo, no universo dos games onde já lidamos com loteboxes e itens cosméticos com preços absurdos. Recentemente, a editora Team 17 anunciou NFTs inspirados na série Worms, e parece que a notícia não agradou nenhum um pouco a Aggro Crab Games, estúdio indie conhecido por Going Under.

Em uma publicação no Twitter, o estúdio deixa clara sua insatisfação com os NFTs  e, por tanto, sua indignação ao estúdio Team 17.  “Acreditamos que os NFTs não podem ser amigos do ambiente ou úteis, e na verdade são apenas uma fraude”.

O estúdio ainda diz que não pretende trabalhar mais com a Team 17 e encoraja os outros estúdios a fazerem o mesmo “nem é preciso dizer, não iremos trabalhar mais com eles em títulos futuros e encorajamos outros criadores indie a fazer o mesmo caso esta decisão não seja revertida.”

Recentemente, Valorant, FPS da Riot, se evolveu em uma polêmica quando uma imagem da personagem Killjoy apreciando uma arte NFT foi divulgada na internet. Imediatamente, os jogadores questionaram se haveria espaço para os tokens não-fungíveis no game, mas não demorou muito para a Riot se pronunciar sobre o assunto. A empresa apagou a publicação e disse que não tinha ciência de que arte presente no material se tratava de um NFT, e reforça que os personagens do game não apreciam esse tipo de material.

E você, tem uma opinião sobre o assunto? Diz pra gente nos comentários.

Veja também:

Gostando de nossos conteúdos? Nos ajude compartilhando.

Gostando de nossos conteúdos? Nos ajude compartilhando.​

VEJA TAMBÉM

Comentários: