Games Notícias

FIFA 19 | EA está monitorando investigação sobre acusação de estupro de Cristiano Ronaldo

  • Compartilhe:
Pop Art SkinsPop Art Skins

Detetives do Departamento de Polícia Metropolitana de Las Vegas reabriram uma investigação sobre a estrela do futebol Cristiano Ronaldo. Em 2009, uma pessoa chamada Kathryn Mayorga apresentou uma queixa contra Ronaldo. Ela alegou que o jogador de futebol a obrigou a fazer sexo. A queixa original de 2009 resultou em uma investigação e exame médico no momento. Mas desapareceu depois que Mayorga supostamente aceitou um acordo em troca de seu silêncio. Mas agora, Mayorga diz que está falando por causa do #MeToo. E seus advogados afirmam que Ronaldo não cumpriu os termos do acordo.

Enquanto Mayorga busca a justiça, os patrocinadores de Ronaldo, como a Electronic Arts, estão se expressando. Ronaldo é um dos atletas de capa do FIFA 19. O jogo foi lançado no dia 28 de setembro, uma semana antes de a polícia de Las Vegas reabrir o caso. Então, agora a EA tem que minimizar o trabalho com um agressor sexual acusado sem parecer desprezível com uma possível vítima real.

“Vimos o relatório que detalha as alegações contra Cristiano Ronaldo”, disse um porta-voz da EA. “Estamos monitorando de perto a situação, já que esperamos que os atletas e embaixadores da capa se comportem de maneira consistente com os valores da EA.”

A EA não tinha comentários adicionais para fazer neste momento. É, no entanto, silenciosamente fazendo outros movimentos para minimizar Ronaldo. Como GamesIndustry.biz aponta, o site da EA Sports está usando um plano de fundo azul claro para o FIFA 19, onde apresenta os atletas de capa para jogos como Madden NFL 19 e NHL 19.


Para mais informações sobre games, acompanhe a Manual no Facebook, Twitter, Instagram e através de nosso canal no Youtube.

Publicado em 5 de outubro de 2018 às 07:44h.
2018-10-05 07:44:06