Jogos Notícias Playstation Sony

God of War | Diretor diz que nunca iriam competir com a Ubisoft ou Rockstar em jogos de mundo aberto

  • Compartilhe:
Pop Art SkinsPop Art Skins

Mesmo vários meses após o seu lançamento no PlayStation 4, o jogo continua a ser elogiado por críticos e fãs. Na verdade, God of War conseguiu derrotar Red Dead Redemption 2 para o prêmio de Jogo do Ano no The Game Awards 2018.

No entanto, falando com a GamesBeat como parte de uma longa entrevista, Cory Barlog revelou que ele não acha que seria possível competir com os jogos de mundo aberto feitos pela Ubisoft e pela Rockstar Games, ambos use milhares de desenvolvedores para seus projetos em massa.

Continuamos descrevendo-o como “linearmente amplo”. Eu estava convencido de que não poderíamos fazer um jogo de mundo aberto. O custo de entrada e o nível de expectativa são tão altos que nunca competiríamos. Nós simplesmente não temos a infraestrutura e os sistemas. Eu não quero fazer isso.

Sim, eu acho que eles [Rockstar] estavam mais perto de 4.000. Nós tínhamos 300, no pico. Na época eu achava que os 1.600 que a Ubisoft tinha em Assassin’s Creed eram muito. Para fazer essas coisas, para fazer a complexidade que eles têm, você só precisa de muita gente. Para nós, não apenas não queremos investir nesse aspecto, mas para mim o mundo precisava se sentir grande, e não vazio, mas com momentos surpreendentes de descoberta. Poderia parecer que havia áreas onde não há muita coisa acontecendo, e então, de repente, um nível inteiramente novo se abre para o qual você não foi direcionado, que você acabou de descobrir.

Ainda na entrevista, Barlog destacou a importância de God of War em comparação com as versões anteriores, mesmo que não fosse um verdadeiro design de mundo aberto.

Publicado em 8 de janeiro de 2019 às 07:00h.
2019-01-08 07:00:43