Games Notícias Playstation Sony Xbox

GPU do PlayStation 5 deve ter menos teraflops do que o Xbox Series X, diz Digital Foundry

  • Compartilhe:
Pop Art SkinsPop Art Skins

É provável que o PlayStation 5 e o Xbox Series X cheguem no próximo ano e, no entanto, ainda não sabemos muito sobre que tipo de energia os dois sistemas fornecerão. Sabemos que os dois sistemas terão CPUs Zen 2 da AMD de última geração e SSD, mas especificações detalhadas não foram reveladas. Pelo menos não oficialmente.

No início de agosto, descobrimos uma série de informações sobre os próximos projetos da AMD no GitHub, incluindo a GPU do PS5, com o nome de código Oberon, e a GPU Xbox Series X, com o nome de Arden. Naquela época, poucas informações vazavam para o público, mas mais foram divulgadas nos últimos dias, e os responsáveis ​​técnicos da Digital Foundry afirmam ter verificado independentemente a fonte e a veracidade das informações. É claro que não temos um contexto completo sobre o que tudo isso significa e as coisas podem ter mudado desde que essa informação vazou, mas a Digital Foundry ainda avançou e fez algumas especulações sobre o que tudo isso significa. 

De acordo com as especificações vazadas, o chip Oberon do PS5 oferecerá 36 unidades de computação Navi rodando a 2,0 GHz, o que equivaleria a uma GPU de 9,2 teraflop. O processador também usará memória GDDR6, com uma largura de banda de 448GB/s a 512GB/s. Conforme relatado anteriormente, a GPU terá três modos, permitindo a emulação de hardware incorporada do PS4 e PS4 Pro.

As informações vazadas sobre a GPU do Xbox Series X são muito menos abrangentes, mas aparentemente o chip possui 3584 shaders, o que exigiria 56 unidades Navi de computação. Dado esse número, a DF estima que a Microsoft possa ter como alvo 12 teraflops com seu chip Arden. Também está confirmado que o chip Arden terá uma largura de banda de memória de 560 GB/s.

Ainda há muito que não sabemos, mas se esses vazamentos são reais, parece que a Sony está buscando equilibrar poder com acessibilidade, enquanto a Microsoft está se concentrando nos poder do hardware em relação a outras preocupações. 

Publicado em 31 de dezembro de 2019 às 07:01h.
2019-12-31 07:01:17