Kena: Bridge of Spirits foi inspirado em Zelda e outros jogos

Novos detalhes de Kena: Bridge of Spirits

No evento de jogos do PS5 no ano passado, a Ember Lab revelou  Kena: Bridge of Spirits. O trailer apresentava um mundo vasto, combate insano e pequenas criaturas que faziam o jogo parecer uma mistura de Zelda e Pikmin. Essas impressões iniciais foram mais próximas da realidade do que o esperado, já que um desenvolvedor falou recentemente sobre as principais inspirações para o título.

  • PlayStation está na fase mais lucrativa de sua história
  • God of War Ragnarok pode ser o nome oficial, segundo documento

O jogo segue Kena, uma jovem em uma jornada a um misterioso santuário na montanha que deve usar habilidades mágicas e contar com a ajuda de criaturinhas adoráveis ​​para alcançar seu objetivo. Essas criaturas, chamadas de Rot, podem ser recrutadas para ajudar Kena de várias maneiras, levando à comparação com a franquia Pikmin da Nintendo. O game fará uma aparição no Tribeca Film Festival em junho, onde os fãs estão esperando para ver uma nova gameplay. Antes do festival, o cofundador do estúdio Josh Grier fez alguns comentários adicionais sobre as inspirações para o jogo.

Grier observou que o game foi “inspirado por muitos dos jogos de aventura que vieram antes de nós, mais notavelmente, Zelda”. O mais recente título,  Breath of the Wild, é um dos jogos de mundo aberto com maior audiência da última década e inspirou vários títulos como Genshin Impact e Immortals: Fenyx Rising.

A Ember Lab divulgou outros detalhes de seu título. Kena está confirmada para chegar aos consoles PlayStation, com os jogadores recebendo uma atualização gratuita para o PS5 se comprá-lo para o PS4. O título também aproveitará as vantagens do SSD do console de próxima geração; Kena  pode carregar em dois segundos no PS5 da Sony.

Kena: Bridge of Spirits será lançado em 24 de agosto de 2021 no PC, PS4 e PS5.

Gostando de nossos conteúdos? Nos ajude compartilhando.

Gostando de nossos conteúdos? Nos ajude compartilhando.​

VEJA TAMBÉM

Comentários: