Pesquisar

The Last of Us Parte 2: Druckmann admite erro no marketing do jogo

Neil-Druckmann-comenta-que-se-arrepende-da-estratégia-de-marketing-utilizada-em-The-Last-of-Us-Parte-2

Neil Druckmann, diretor de The Last of Us Parte 2, revelou que se arrependeu da estratégia de marketing que usou para divulgar o jogo antes do seu lançamento. Segundo ele, os trailers fakes que mostravam o personagem Joel em cenas que não aconteciam no jogo foram uma tentativa de preservar a surpresa da história, mas acabaram gerando frustração e decepção em muitos jogadores.

The Last of Us Parte 2 é a continuação do jogo de 2013 que conta a história de Joel e Ellie, dois sobreviventes de um mundo pós-apocalíptico devastado por uma infecção fúngica. O jogo foi lançado em junho de 2020 e recebeu críticas positivas da mídia especializada, mas também gerou polêmica entre os jogadores por causa das decisões narrativas tomadas pelos desenvolvedores.

Uma das principais controvérsias foi a morte precoce de Joel logo nas primeiras horas de jogo. O personagem, que era o protagonista do primeiro jogo e um dos favoritos dos fãs, foi brutalmente assassinado por Abby, uma nova personagem que buscava vingança pela morte do seu pai. Essa cena chocou muitos jogadores que esperavam acompanhar a jornada de Joel e Ellie novamente.

The-Last-of-Us-Parte-2-Remastered
The Last of Us Parte 2: Druckmann admite erro no marketing do jogo 2

Para piorar a situação, os trailers divulgados pela Naughty Dog antes do lançamento do jogo mostravam cenas em que Joel aparecia ao lado de Ellie em momentos posteriores à sua morte. Essas cenas foram alteradas propositalmente para confudir os jogadores e fazer com que eles pensassem que Joel teria um papel maior na história. Por exemplo, em um dos trailers, Joel dizia para Ellie “Você realmente acha que eu te deixaria fazer isso sozinha?” em uma cena que na verdade era protagonizada por Jesse, outro personagem que ajudava Ellie na sua busca por vingança.

Druckmann confessou que essa foi uma decisão difícil de tomar e que ele tinha sentimentos conflitantes sobre ela. Ele disse que queria proteger a experiência dos jogadores e evitar que eles soubessem o destino de Joel antes de jogar, mas que também entendeu que isso poderia causar um efeito contrário e gerar raiva e frustações. Ele afirmou que se arrependeu de ter usado essa tática.

Em The Last of Us Parte 2 Remasterizado, uma versão melhorada do jogo para o PlayStation 5, Druckmann e as atrizes Ashley Johnson (Ellie) e Shannon Woodward (Dina) comentaram sobre essa questão em um dos trechos do modo comentado. Eles falaram sobre a reação dos fãs aos trailers falsos e sobre como foi gravar as cenas com o rosto de Joel substituído pelo de Jesse.

Leia mais sobre The Last of Us Parte 2 e Naughty Dog:

Gostando de nossos conteúdos? Nos ajude compartilhando.

Gostando de nossos conteúdos? Nos ajude compartilhando.​

VEJA TAMBÉM

Comentários: