Pesquisar

25 Novas demissões em estúdio de Call of Duty

A Certain Affinity, estúdio de apoio que participou do desenvolvimento de jogos das franquias Halo e Call of Duty, teve que fazer demissões de 25 funcionários nesta semana, o que representa cerca de 10% de seus mais de 250 membros. Segundo o CEO Max Hoberman, isso se deve ao estado atual da indústria de jogos.

IMG 0432

Em comunicado no site da Certain Affinity, Max explicou algumas das razões para essas demissões: “Existem vários fatores subjacentes a essa decisão, feita pela primeira vez em nossa história de mais de 17 anos.”

Design sem nome 1
Fonte: Bis journals

“O mais significativo é uma desaceleração em toda a indústria no financiamento de novos projetos de liderança e co-desenvolvimento, e a relutância de investidores terceirizados em financiar jogos ou empresas de jogos. Isso tornou excepcionalmente difícil assinar novos trabalhos ou garantir outras formas de financiamento.”

No comunicado, também informou que prestarão suporte para os funcionários demitidos: “Nosso foco atual está em nossa equipe e no bem-estar dos mais afetados, a quem estamos apoiando com indenização e continuação dos benefícios.”

Design sem nome
Fonte: Bis journals

Embora não tenha sido especificado em quais áreas ocorreram as demissões, a maioria é do setor de operações comerciais, responsável por compras nacionais, compras internacionais, gerenciamento de contratos unificados e logística-suprimentos de materiais.

A Certain Affinity tem como parceria grandes empresas como Bethesda, Valve e Epic Games.

C36FEC61 81CB 44C5 B4C6 1CB4416DAD46

Essa não será a última demissão em massa que teremos. Depois da EA, Microsoft e até Sony, muitas empresas, embora tenham um lucro gigante, estão demitindo seus funcionários. Não se sabe ao certo as razões disso, porém, com certeza, é algo que impactará na produção de jogos daqui em diante.

Quem é o real culpado dessas demissões?

Não apenas para essa empresa, mas para toda a indústria de jogos e até entretenimento, 2023 foi um ano de demissões, e continua sendo em 2024, chegando a mais de 10 mil pessoas demitidas nesses últimos dois anos, um evento sem precedentes, principalmente na indústria de jogos, que é a maior do entretenimento e a que mais cresce.

A indústria de jogos foi a menos afetada na pandemia. Embora vários trabalhos de produção de jogos tenham sido parados devido ao isolamento social, muitas pessoas usaram videogames como forma de distração durante a quarentena, aumentando muito o número de jogadores.

Outras possíveis culpadas podem ser os trabalhos executados por inteligência artificial, tema que ganha notoriedade a cada dia mais, vindo a substituir alguns trabalhos, principalmente no meio artístico, onde já está sendo usado por empresas como a Ubisoft.

Ubisoft

No final, a terceirização desses serviços para empresas especializadas em IA pode ser um grande fator para esse número enorme de demissões, além, é claro, da digitalização dos jogos, tirando a necessidade de setores inteiros que trabalhavam com gerenciamento e fornecimento de mídias físicas.

Fonte: VGC

Confira outras notícias abaixo:

Por fim, não deixe de acompanhar a Manual dos Games nas redes sociais no FacebookInstagramTwitter e Youtube para receber os conteúdos em primeira mão!

Gostando de nossos conteúdos? Nos ajude compartilhando.

Gostando de nossos conteúdos? Nos ajude compartilhando.​

VEJA TAMBÉM

Comentários: