Overwatch | Toxicidade caiu em até 28%

Overwatch recebeu um conjunto de novas funcionalidades destinadas a reduzir a toxicidade, e parece que essas adições já foram bem sucedidas no combate ao mau comportamento dos jogadores. Desde a adição dos novos recursos sociais no mês passado, os analistas de dados da Blizzard encontraram grandes quedas no uso de chat abusivo.

Quer saber mais e entender sobre a toxicidade nos jogos, confira nossa matéria especial, Hora da Verdade | Por que temos tantos jogadores tóxicos e como lidar com eles?

A porcentagem de correspondências competitivas que contêm chat abusivo caiu 26,4% nas Américas e 16,4% na Coréia. Da mesma forma, a porcentagem de jogadores que são abusivos diariamente caiu 28,8% nas Américas e 21,6% na Coréia. Essas estatísticas são específicas e, como diz Jeff Kaplan, são apenas as informações que coletaram até agora. Daí porque estamos vendo dados para as Américas como uma região e Coréia como um único país.

De qualquer maneira, é uma queda impressionante na toxicidade do jogo, e a equipe da Overwatch tem que estar satisfeita com o progresso até agora. Novos recursos como procura por grupos vieram junto com o retrabalho da Symmetra no final de junho, e eles têm sido eficazes até agora.

Kaplan diz em alguns posts de acompanhamento nos fóruns da Battle.net que “outros sistemas para melhorar o ambiente de jogo” estão a caminho, assim como outros refinamentos para esses recursos. Como exemplo, a Kaplan aponta para um patch futuro em que o sistema de LFG manterá seus filtros entre logins.

Gostando de nossos conteúdos? Nos ajude compartilhando.

Gostando de nossos conteúdos? Nos ajude compartilhando.​

VEJA TAMBÉM

Comentários: