Produtos de importação abaixo de U$ 50 dólares serão taxados no Brasil, confirma Vice-Presidente

Produtos-de-importação-abaixo-de-U$-50-dólares-serão-taxados-no-Brasil,-confirma-Vice-Presidente

O vice-presidente Geraldo Alckmin anunciou as mudanças

O vice-presidente da República e ministro do Desenvolvimento, da Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), Geraldo Alckmin, anunciou em um evento no Fórum MDIC de Comércio e Serviço que não haverá mais isenção de impostos para compras internacionais de até U$ 50 dólares. Isso significa que todos os produtos importados, independentemente do valor, estarão sujeitos à tributação.

A medida faz parte de uma reforma no sistema de importação que o governo implementou neste ano, chamada de remessa conforme. Esse programa exige que as empresas estrangeiras que vendem para o Brasil se adaptem às normas fiscais e tributárias do país, emitindo nota fiscal eletrônica e pagando impostos.

Com isso, as compras feitas em sites populares como Shein, Shopee e AliExpress, que oferecem produtos baratos e variados, ficarão mais caras para os consumidores brasileiros.

O vice-presidente Geraldo Alckmin não divulgou qual será a alíquota cobrada para as compras de até U$ 50 dólares, mas é provável que seja a mesma aplicada para as compras acima desse valor, que varia de acordo com o tipo de produto e o estado de destino.

Abragames pesquisa 2022

A mudança visa aumentar a arrecadação do governo e proteger a indústria nacional da concorrência. No entanto, pode gerar insatisfação entre os consumidores, que terão menos opções de compra e preços mais altos.

Reação dos consumidores

A reação dos consumidores à nova regra foi negativa. Em redes sociais, muitos consumidores expressaram preocupação com o aumento dos preços e a dificuldade de acesso a produtos que não são encontrados no mercado nacional. Via Metrópoles

Confira mais conteúdos abaixo:

Por fim, não deixe de acompanhar a Manual dos Games nas redes sociais no FacebookInstagramTwitter e Youtube para receber os conteúdo em primeira mão.

Gostando de nossos conteúdos? Nos ajude compartilhando.

Gostando de nossos conteúdos? Nos ajude compartilhando.​

VEJA TAMBÉM

Comentários: