Análises PC Playstation Reviews e análises Sony Xbox One

Review | Far Cry 5

Venha para a seita!

Far Cry 5 chama atenção por mostrar uma história repleta de polêmicas. O game apresenta o vilão Joseph Seed, um líder religioso que prega a chegada do apocalipse, onde apenas os que se juntarem à sua seita irão sobreviver. Além do fanatismo religioso, uma substância alucinógena chamada “bem-aventurança” é utilizada para que seus “fiéis” se convertam ao Portão do Éden, cujos seguidores são chamados de “peggies” e devem jurar lealdade ao seu líder.

No game você controla um(a) agente do governo que precisa deter a Família Seed, mas chegando ao local percebe que entrou em uma emboscada. Agora precisa sobreviver e ajudar aos cidadãos de Hope County a combater a seita religosa que assola a região.
Hope County é um condado dividido em três regiões diferentes. Cada uma é controlada por um dos irmãos de Joseph Seed, que agem como o Arauto para cada região. Cada um desses indivíduos tem uma função diferente e um estilo de liderança, mas tenha certeza de que todos eles são maus.

A mesma mecânica da franquia

A Ubisoft não quis mudar algo que já estava dando certo.
O estado de Montana tem uma grande variedade de animais para caçar ou evitar, incluindo ursos, alces, veados ou bisões. Há também outras criaturas assassinas que você realmente deve evitar.
A Ubisoft também adicionou um novo sistema de pesca ao Far Cry 5, provavelmente gastando mais tempo com ele do que o necessário. A pesca no jogo tem sua própria mecânica. Existem varas, iscas e peixes diferentes. Basta lançar o anzol no lago para um momento de pura tranquilidade e calmaria. Depois é possível vender todas as peles e peixes para obter uma grana para comprar novas armas e equipamentos.


Explorando o Hope County, nota-se um ambiente mais bonito e realista que os anteriores. As terras agrícolas, as comunidades das pequenas cidades e até mesmo os grandes espaços de florestas e serras são muito bem detalhados. Em alguns momentos pós-matanças vale a pena parar e admirar a paisagem. Às vezes surge a dúvida se o cenário é realmente de um jogo, de tão bonito graficamente que está.
Outro ponto que é preciso comentar é a trilha sonora do game. As músicas originais e licenciadas ajudam a transportar os jogadores para o mundo de Far Cry. É gostoso ouvir e combinam perfeitamente com as cenas.

O Combate

Os inimigos se comunicam via rádio para criar emboscada e capturar. Então não adianta ficar muito tempo parado em um local, pois eles vão criar estratégias para acabar com você. Essa “inteligência” do game é uma das coisas mais interessante. Embora em alguns momentos e eles parecem se confundir e acabam se matando (no mínimo estranho!).
Os inimigos não estarão somente à sua frente. Quando menos se espera, estará cercado por uma legião atirando ou jogando granadas.
Uma das melhores adições ao jogo é um sistema de acompanhamento que permite contratar e lutar ao lado de até dois outros personagens que você encontra durante o jogo, cada um com habilidades especiais para o combate. Entretanto, seu convidado pode não obedecer devidamente aos seus comandos.


Outra novidade do Far Cry 5 é o modo multiplayer online. O jogador serve como anfitrião e convida um dos seus amigos para o jogo. Todas as missões da campanha Far Cry 5 podem ser jogadas em cooperação com a conveniência de drop in/drop out. A conclusão da missão, o progresso da história, as mudanças no medidor de resistência e todas as coisas que afetam o mundo ou a história em geral serão salvas apenas no arquivo do jogador hospedeiro.

Evoluindo suas habilidades

O sistema de aquisição de habilidades agora precisa de “Pontos de Vantagens“, que são obtidos de diversas formas, desde o cumprimento das missões principais até as secundárias. Com esses pontos você consegue fazer bombas, kits médicos e até fazer rapel entre outras várias possibilidades.

Far Cry Arcade

Uma reformulação que agradou bastante é a possibilidade de jogar as missões criadas por outros jogadores ou criar e jogar a sua própria missão.
As ferramentas de criação são surpreendentemente fáceis de usar e traz uma grande quantidade de materiais disponíveis. Então prepare-se para passar horas criando e desafiando os seus amigos a jogarem o seu mapa.

Conclusão

Joseph Seed é sem dúvida o melhor vilão que a franquia já criou. Seu incrível carisma e jeito com as palavras quase te fazem acreditar no que ele está pregando. As grandes adições e refinamentos feitos são fantásticos. Bem como a inclusão do Far Cry Arcade, que prolonga o seu tempo de jogo, um modo cooperativo diversificado, cenários e trilha sonora que se complementam e fazem valer cada segundo jogado. Em resumo, Far Cry 5 é uma experiência que precisa ser vivida.

Esse review foi feito com uma cópia de Far Cry 5 para PS4 cedida pela Ubisoft

 

  • Compartilhe: