Destaque Literatura Nerd Reviews e análises

Review (mangá) | I am a Hero

Sociedades inteiras devastadas por hordas de zumbis e mundos pós apocalípticos, estão entre as temáticas mais populares e exploradas nos últimos anos, talvez nas últimas décadas. São inúmeros jogos, livros, filmes, séries de tv e revistas em quadrinhos que se dedicam completamente a esse tema, dentre estes temos criações icônicas como os aclamados jogos da franquia Residente Evil, e a excelente revista em quadrinhos que ganhou uma adaptação de sucesso para a TV, The Walking Dead. E o universo dos mangás japoneses não ficou fora dessa, pois foram lançadas séries de sucesso, como o multipremiado I am a Hero, de Kengo Hanazawa, que além dos diversos prêmios recebidos, foi adaptado para o cinema Japonês em meados de 2016 e teve uma ótima recepção pela crítica especializada e pelos fãs.

A chegada de I am a Hero no Brasil foi anunciada pela Panini em 2017 durante a Zombie Walk SP, mas só em março de 2018 o mangá de Kengo Hanazawa foi finalmente publicado. Durante o mesmo evento, a Panini anunciou a aquisição dos direitos autorais de The Walking Dead, que seria inteiramente republicado pela mesma, causando um imenso reboliço nos fãs da série, de modo que o anúncio do mangá japonês passou quase que despercebido, mas não esquecido pelos entusiastas do gênero.

Em I am a Hero vamos acompanhar parte do cotidiano de Hideo Zuzuki, um assistente de mangaká frustrado que sonha em algum dia ter a sua própria série de mangá publicada. Hideo já passa dos 35 anos de idade, tem uma namorada e participa de um clube de tiro. Leva uma vida simples e melancólica que parece estar completamente estagnada, sem nenhuma perspectiva de melhora ou crescimento profissional. Como se isso não fosse o suficiente, vive a sombra do ex da sua namorada, um mangaká de sucesso, e só se sente seguro trancafiado a sete chaves na sua casa, onde para aplacar sua paranoia mental, realiza rituais ridículos para aliviar o medo e a solidão.

Enquanto Hideo segue sua vida medíocre, estranhos acontecimentos são constantemente noticiados nos jornais, mas em meio as exaustivas jornadas de trabalhos para entregar os mangás a tempo, Hideo e seu grupo de trabalho não dão a mínima atenção para elas. Até que a situação chega a um ponto insustentável, Tókio entra em colapso, e ele se vê preso epicentro de todo esse caos.

Até o momento, foram publicados 2 dos 22 volumes que compõe a série. O primeiro volume segue um ritmo lento, mas extremamente interessante, onde kengo Hanazawa desenvolve os principais personagens da série de maneira extraordinária, criando um laço entre os leitores e estes personagens, de modo que apenas nos dois últimos capítulos do primeiro volume do mangá, a situação chega a um momento crítico e a ação começa para valer. A partir daí o enredo segue crescendo em um ritmo absolutamente frenético, com cenas pesadas e explícitas, que não poupam o leitor de nada.

A arte de Kengo Hanazawa é excelente, o visual de todos os personagens é incrivelmente realista, e nos momentos mais violentos chegam a ser até perturbadores. Os zumbis são assustadores, quase sempre em estado avançado de decomposição, com larvas saltando dos olhos e outros orifícios, membros quebrados em ângulos bizarros, além de veias aparecendo na pele.

Os primeiros capítulos do mangá podem ser cansativos para alguns leitores, mas eu garanto, quando a ação começa a acontecer de verdade, eles vão fazer toda a diferença. Partindo da premissa que conhecemos nos mínimos detalhes cada um dos principais personagens, passamos a nos importar com o que poderá acontecer com eles no futuro, e o autor se aproveita habilmente disso.

Os dois primeiros volumes de I am a Hero são sensacionais, e mostram uma base sólida para o desenvolvimento de uma grande história. A edição da Panini traz um padrão de qualidade diferenciado, similares aos de One Punch Man e Vagabond, com orelhas nas capas, e um papel que promete não ficar amarelado com o tempo. É definidamente um mangá indicado para todos os apaixonados por boas história de undeads e nós estamos ansiosos para ler os próximos volumes dessa saga !!!

Publicado em 6 de julho de 2018 às 18:35h.
2018-07-06 18:35:33

  • Compartilhe: