Pesquisar

Sony quer fazer filmes com jogos da Bungie

Bungie tem grandes jogos como Destiny

Caso você more em uma caverna e não saiba o que está acontecendo, a Microsoft recentemente anunciou a compra da Activision Blizzard e logo depois a Sony anunciou a compra da Bungie.

Essas duas compras foram gigantes e a indústria de jogos está em êxtase e em dúvidas sobre o futuro dos jogos das duas empresas agora que foram compradas.

Agora, depois do anuncio a Sony divulgou suas intenções por meio de uma teleconferência com o CFO da Sony Hiroki Totoki, confirmando o interesse da Sony em transformar os IPs da Bungie em filmes.

Totoki falou sobre o potencial dos jogos da empresa serem colocados em filmes, como a franquia Destiny por exemplo. Totoki explicou como a Sony poderia beneficiar a Bungie expandindo franquias populares, aproveitando o acesso de subsidiárias da Sony como Sony Pictures e Sony Music para criar mais conteúdo para suas franquias fora dos videogames.

“A Bungie quer nutrir a propriedade intelectual que eles têm de maneira multidimensional, e essa é a esperança deles. Para isso, acreditamos que podemos ajudar – temos [Sony] Pictures e [Sony] Music, e a Bungie pode alavancar nossa plataforma para que seu IP pode florescer e crescer muito.”

Vamos ver o que o futuro nos reserva para filmes e séries de jogos da empresa.

Sobre a compra

Nesta segunda-feira (31) a Sony surpreendeu a todos com o anúncio da compra da Bungie, estúdio responsável pela franquia Destiny. De acordo com os dados divulgados da aquisição feita pela companhia japonesa, aponta para cerca de US$ 3,6 bilhões (3,6 bilhões de dólares) investidos para obter a equipe.

A princípio, a companhia japonesa afirmou que nada mudará, ou seja, os jogos feitos pelo estúdio continuará sendo multiplataforma. Apesar de muitos acharem que o título poderia tornar-se exclusivo da PlayStation, parece que os planos das empresas não são estes até o momento.

Além disso, a Bungie tornará a partir de hoje um estúdio independente pertencente a SIE, e que terá Pete Parsons como CEO e líder do conselho da equipe. Portanto, todos os funcionários que atuam na empresa hoje, permanecerão após a compra realizada pela Sony (PlayStation).

Gostando de nossos conteúdos? Nos ajude compartilhando.

Gostando de nossos conteúdos? Nos ajude compartilhando.​

VEJA TAMBÉM

Comentários: