Games Notícias Stadia

Stadia está vivo e bem, diz Google

  • Compartilhe:
Pop Art SkinsPop Art Skins
Google Stadia

Fim do Stadia? Parece que não

A Google tem uma certa reputação de criar coisas novas e depois descartá-las quando não têm tanto sucesso. Alguns exemplos disso são o Google Glass e o Google+. Agora, alguns temem que o Google Stadia tenha o mesmo triste fim.

Google Stadia

A plataforma de streaming de videogame foi lançada no final de 2019 com uma recepção mista, e então, depois de um pouco mais de um ano de trabalho, a Google fechou o componente da empresa Stadia Games and Entertainment, que estava trabalhando para trazer exclusivos para a plataforma. Eles não tinham feito nem mesmo um único jogo para a plataforma.

Apesar de tudo isso, a Google insiste em que a plataforma veio para ficar. Em uma conversa com a GamesIndustry.Biz, o líder de marketing do desenvolvedor, Nate Ahearn, disse que o Stadia está “vivo e bem”, apesar da saída de Jade Raymond junto com outros desenvolvedores. Ele diz que “mais de 100 novos jogos” estão sendo lançados este ano, e a equipe está focada em garantir que seja um “ótimo lugar para jogar em dispositivos que você já possui”.

Rumor indica que Google Stadia cancelou jogo de terror produzido por Kojima

Hideo Kojima inegavelmente é um dos maiores nomes da indústria dos games. O criador emblemático costuma chacoalhar bem o mercado quando ele anuncia seus projetos. Em Outubro do ano passado, ele havia indicado que estava trabalhando em uma nova propriedade. Agora, um rumor afirma que o jogo em questão seria um game de terror em episódios produzido em parceria com o Google Stadia.

Recentemente a plataforma anunciou que iria encerrar todas as suas operações de desenvolvimento interno e com parceiros, o que gerou o cancelamento precoce de múltiplos projetos. Agora, uma reportagem do VGC  revela parte destes projetos. Além de Journey to the Savage Planet 2, a companhia estava supostamente investindo em um game de terror feito por Kojima e um multiplayer produzido pelo criador de Splinter Cell.

Um representante do Stadia decidiu comentar a reportagem, afirmando que não anunciou nenhum tipo de parceria e que na indústria é normal existirem conversas entre duas partes interessadas. O representante também indicou que o contato existiu, mas que no fim das contas um contrato não foi realizado.

Com o “fim” precoce da plataforma, nunca saberemos ao certo quais projetos estavam bem encaminhados ou não. Certamente é uma perda que todos os jogadores sofreram.


Para mais informações sobre games, acompanhe a Manual no Facebook, Twitter, Instagram e através de nosso canal no Youtube.

Publicado em 17 de maio de 2021 às 08:42h.
2021-05-17 08:42:39