Star Wars | Game da Visceral tem 3TB de arquivos parados e sem uso

O jogo Star Wars da Visceral não é mais um jogo, não desde que a EA fechou o estúdio e mudou o desenvolvimento para si mesma em Vancouver. No desenvolvimento tínhamos a criadora de Uncharted Amy Hennig, que recentemente saiu da EA e disse que o projeto estava parado.

O gerente geral da Motive Studios – outra divisão da EA tendo um papel importante no desenvolvimento de jogo Star Wars – Jade Raymond diz: “Temos três terabytes de arte de Guerra nas Estrelas, o que é uma loucura, e há muito trabalho muito bom lá.”

“Quando anunciamos que estávamos mudando o jogo”, Raymond diz à Game Informer , “Havia um monte de coisas muito legais, como toneladas de assets e personagens muito legais que haviam sido criados. Então, há o objetivo de garantir que usamos tudo isso. ”

Amy Hennig deixou a EA no início deste ano para começar um novo estúdio, e mencionou que o novo jogo seria “bem diferente” para o que sua equipe estava construindo, devido ao cenário de mundo aberto. Ainda assim, parece que Ragtag – o codinome do projeto – e sua promessa de explorar o lado sombrio do universo de Star Wars não será inteiramente deixada para morrer.

Gostando de nossos conteúdos? Nos ajude compartilhando.

Gostando de nossos conteúdos? Nos ajude compartilhando.​

VEJA TAMBÉM

Comentários: