Análises Destaques Games Microsoft Xbox

Análise | The Ascent

  • Compartilhe:
Pop Art SkinsPop Art Skins
The-Ascent

The Ascent é o mais novo exclusivo do Xbox. Chegando no “Day One” ao Game Pass e com um sistema de gameplay um pouco diferente do convencional.

Mas antes de partir para Análise em si, é importante entender a história antes, que tratasse de uma história, as pessoas se vendem para corporações, virando contratadas pelo resto de suas vidas. Uma dessas grandes empresas é o Grupo Ascent, mas quando ela acaba entrando em falência, a comunidade inteira se transforma em um caos, dando o ponta pé inicial para o jogo.

Ambientação de tirar o fôlego

Sem sombra de dúvidas um dos pontos principais de The Ascent é a sua ambientação Cyberpunk, onde em cada região onde você explora, parece um mundo extremamente vivo, sendo pela variedade de NPC diferentes ou pelo cenário em si onde vemos muitas luzes neons, mas cada parte com seu aspecto próprio.

The-Ascent-2021

Enredo

A história se desenrola de forma bagunçada e difícil de entender, mas na reta final se ajeita um pouco e tem um final minimamente satisfatório. E durante o decorrer da história, o jogo tenta desenvolver vários personagem, mas que no fundo não consegue fazer o jogador se importar realmente com esses personagens. Resumindo a história não é o ponto forte do game.

The-Ascent-2022

Jogabilidade e Personalização

A jogabilidade de The Ascent pode de inicio incomodar, mas com pouco tempo de gameplay essa estranheza vira diversão. Pode ser diferente porque a câmera fica longe do personagem e o sistema de tiro não é preciso, mas logo o jogador percebe que a gameplay é fluída e fácil, tornando o que era estranho em algo divertido. Portanto o jogabilidade do game é excelente para que gosta de games de progressão e personalização.

Falando em personalização, este é outro ponto muito bom do game, pois ele traz muitos loots espalhados pelo mapa, além de loja onde o jogador pode aprimorar seus equipamentos. E quanto as variedades presentes dentro do jogo, ela são bem distintas, tendo diferentes armaduras para diversas funções, dando assim a opção do jogador escolher como quer que seu personagem seja, ou mais Tank ou mais agressivo e rápido entre outras variações.

Desafiador em certos pontos

Sobre a dificuldade presente no game, ela pode ser desafiador em certos pontos, principalmente em chefes, onde tem uma grande quantidade de inimigos ou o chefe seja bem desafiador. Mas no geral o game tem uma dificuldade razoável, não sendo tão fácil, mas também não sendo tão desafiador.

Vale a Pena?

The Ascent vale a pena com certeza. Pois traz uma gameplay diferente, mas ao mesmo divertida. E ao todo o jogo é muito bom e é muito recomendado ao jogadores, principalmente aqueles que possuem o Game Pass.

Veja Também:

 


Para mais informações sobre games, acompanhe a Manual no Facebook, Twitter, Instagram e através de nosso canal no Youtube.

Publicado em 3 de agosto de 2021 às 10:44h.
2021-08-03 10:44:48