Todd Howard comenta mudança gigantesca de engine para The Elder Scrolls 6

Todd Howard comentou que a espera valerá à pena

Todos nós estamos ansiosos para saber um pouco mais de The Elder Scrolls VI e Starfield, mas nada foi revelado ainda. A principio, para ser exato, apenas um teaser minimalista de TESVI e alguns anúncios de Starfield foram concedidos ao público. Agora, em entrevista ao GI.biz, Todd Howard comentou sobre o processo de criação dos jogos da nova geração. De acordo com ele, a demora é entendível, considerando que estão investindo pesado para mudar o motor (engine) que será utilizado daqui pra frente.

De acordo com Howard, a mudança vai ser gigantesca. Mesmo assim, a ideia é manter detalhes que os jogadores e fãs do estúdio amam nos jogos da Bethesda, como suporte para mods e mundos com finais abertos, Todd sugeriu.

“Desde a renderização da animação até o processamento da geração… Não quero dizer tudo, mas é uma revisão significativa,” disse Howard. “Levou mais tempo do que queríamos, mas irá empoderar tudo que estamos fazendo com Starfield e Elder Scrolls 6. Quando as pessoas virem os resultados, esperamos que fiquem tão felizes quanto nós estamos com o que está na tela e sobre como podemos seguir fazendo nossos jogos.”

Ainda vai levar tempo…

Apesar do bom andamento no projeto, o fundador e diretor da Bethesda disse que os fãs terão de esperar um pouco. O desenvolvedor ressaltou o quanto ele gosta de anunciar e lançar em um curto espaço de tempo, como foi feito com Fallout 4 – anunciado na E3 em julho e lançado alguns meses depois, em novembro. Ainda não há um plano concreto para o anuncio e lançamento dos dois títulos, mas Howard disse que pretende manter os fãs informados.

“Você não quer fazer com que eles [os fãs] esperem por muito tempo,” disse. “Você precisa balancear entre o cansaço de querer algo com a ansiedade de consumir aquele produto. Também, isso leva tempo, para ser franco. Preparar trailers, demonstrações e assets consomem bastante tempo do desenvolvimento. Lembro de jogos que fizemos isso por vários anos e é como se você precisasse sempre se superar. Sempre precisando superar todas as demonstrações anteriores. Prefiro gastar o tempo desenvolvendo o jogo e preparar uma única grande demonstração.

The Elder Scrolls VI e Starfield foram anunciados na E3 de 2018 com teasers curtos, mas sem qualquer gameplay ou detalhes sobre o que esperar. O anúncio precoce veio para garantir aos fãs que a Bethesda está trabalhando em jogos que podem ser considerados clássicos do estúdio depois de tomarem um rumo ‘diferenciado’ com o lançamento de um multiplayer de Fallout, Fallout 76.

Mesmo assim, outros títulos grandes da Bethesda, como Dishonored, Doom e Wolfestein, não pararam e devem ganhar sequências no futuro.

Entenda a compra da Bethesda pela Microsoft

Em setembro, a notícia de que a Microsoft comprou a ZeniMax, empresa que retém os direitos de alguns estúdios, incluindo a Bethesda, explodiu nas redes e gerou várias especulações. Na verdade, não é bem assim. Em entrevista ao GameReactor, Phil Spencer deixou claro que a aquisição não foi concretizada ainda. Inclusive, ainda restam diversas atribuições legais para serem aprovadas, apesar da ZeniMax e a Microsoft já terem acordado nas negociações. Logo, Spencer ainda não têm poder para influenciar ou comandar a ZeniMax tampouco a Bethesda. Portanto, é seguro afirmar que os processos só serão concluídos depois de 2021. Todd Howard também comentou que o estúdio ainda será capaz de decidir por si só.

Gostando de nossos conteúdos? Nos ajude compartilhando.

Gostando de nossos conteúdos? Nos ajude compartilhando.​

VEJA TAMBÉM

Comentários: