Downgrade? Vídeo compara versões de Forspoken apresentadas em 2020 e 2022

forspoken

Forspoken, novo RPG de ação desenvolvido pela Square Enix e que será lançado em 24 de janeiro de 2023 para PlayStation 5 e PC, foi anunciado em 2020. O jogo, desde então, vem recebendo diversos vídeos que mostram um pouco do que poderemos encontrar no game.

Dito isso, o canal ElAnalistaDeBits resolveu comparar a versão de Forspoken apresentada em 2020 com os mais recentes vídeos publicados pela Square Enix. Veja abaixo.

Mudanças da versão de 2020 e 2022 de Forspoken

Na descrição do vídeo, a equipe do canal trouxe os seguintes pontos:

  • Forspoken apresenta 3 modos gráficos nesta demonstração: Quality, RayTracing e Performance.
  • A Demo é um extrato da versão final do jogo. Não espero grandes mudanças visuais ou de desempenho quando for lançado em janeiro.
  • O modo de qualidade apresenta melhores texturas, distância de desenho e maior resolução (1728p em média). –
  • O modo Ray-Tracing diminui a resolução (1512p em média), a qualidade da textura e a distância de desenho para apresentar sombras melhores em alguns elementos, mas não em reflexos ou iluminação global. –
  • Ray Tracing de sombras não se aplica a todos os elementos. A vegetação não se beneficia dessa técnica e representa grande parte do ambiente. Eu definitivamente não recomendo este modo de exibição.
Forspoken
  • O modo Performance tem a mesma textura e recorte de distância de desenho do modo Ray-Tracing, além de limitar sua resolução a 1440p dinâmico com reconstrução temporal. Apesar dos sacrifícios visuais, não mantém 60fps estáveis.
  • Forspoken suporta 120Hz, no entanto, este modo limita a resolução máxima a 1440p em todos os modos de exibição. Os modos Ray Tracing e Quality atingem 40fps a 120hz, enquanto o modo Performance permanece em 60fps.
  • Em comparação com o Reveal Trailer de 2020, podemos ver que o jogo teve um grande downgrade desde então em iluminação, texturas, geometria, densidade de detalhes….
  • Considero que Luminous Engine não está à altura em Forspoken e o resultado final está longe do inicialmente prometido a nível visual. Esta é mais uma prova de por que a Square Enix migrou sua franquia Final Fantasy para o Unreal Engine.

Confira outras notícias recentes abaixo:

Por fim, não deixe de acompanhar os grupos de ofertas da Manual dos Games e desfrute de várias promoções.

Gostando de nossos conteúdos? Nos ajude compartilhando.

Gostando de nossos conteúdos? Nos ajude compartilhando.​

VEJA TAMBÉM

Comentários: