Raven Software anunciou recentemente uma nova atualização anti-cheat onde 50 mil contas foram banidas de Call of Duty: Warzone.

A desenvolvedora passou quase dois meses sem expulsar trapaceiros do battle royale, a última atualização desta natureza foi feita em maio e baniu outros 30 mil jogadores.

Desde então, a pressão da comunidade por mais desligamentos só aumentou, uma vez que o software de trapaças chegou também aos consoles.

A revelação foi feita através do Twitter oficial da Raven Software no dia 16 de julho. O estúdio também comentou o fato de essas ondas de banimentos

serem direcionadas a infratores reincidentes, ou seja, aqueles que já foram banidos mas que retornaram ao game.

Já faz um tempo desde a nossa última atualização anti-cheat! Duas ondas de bans em Warzone esta semana. Mais de 50.000 contas banidas. O objetivo são infratores reincidentes e muito mais.

A Activision divulgou em fevereiro, um plano de “tolerância zero” contra os cheaters, onde visa aprimorar o software anti-trapaça

para uma fiscalização mais severa. Apesar de mais de 500 mil contas já terem sido banidas, ainda tem muito mais por vir.