A PlayStation divulgou seu relatório para o ano fiscal de 2020. O período foi de 1 de Abril de 2020 até o dia 31 de Março de 2021. Como já era de se esperar, diversos recordes da companhia foram quebrados. 

No total, a divisão gerou U$24,8 bilhões de dólares, um aumento de 34% em relação ao ano anterior.

O grande responsável pelo crescimento foi a venda de softwares (jogos). Foram 338,9 milhões de unidades vendidas, sendo que deste total, 58,4 milhões foram jogos exclusivos. 

A caráter de comparação, “apenas” 276 milhões foram vendidos no ano anterior. Um detalhe interessante é que do total, 65% foram vendidos digitalmente.

No quesito Hardware, o PS5 teve 7,8 milhões de unidades vendidas. Curiosamente, ele ajudou a segurar a receita. O motivo? 

O console está sendo vendido abaixo do preço de custo. O PS4 teve 5,7 milhões de unidades vendidas, uma queda de 8 milhões em relação ao período anterior.

No campo dos serviços, a PS Plus atingiu a marca de 47,6 milhões de assinantes, um aumento de 6 milhões em relação ao período anterior. No geral, o segmento gerou U$3,5 bilhões em receita, um aumento de 14%.