Análises Games

Análise | Bob Esponja: Battle for Bikini Bottom Rehydrated

  • Compartilhe:
Pop Art SkinsPop Art Skins
Bob Esponja

Novo jogo do Bob Esponja chega aos consoles nesta terça

Bob Esponja – Battle for Bikini Bottom Rehydrated se trata de uma remasterização robusta do jogo original lançado em 2003 para os consoles da época. Desenvolvido pelo Purple Lamp Studios e publicado pela THQ Nordic, a remasterização traz melhorias absurdas para o visual, além de adicionar um modo Multiplayer e conteúdos cortados do jogo original como o chefe Lula Molusco Robô e o nível Sonho de Patrick.
Segue minha análise em vídeo caso prefira:

O Enredo

Apesar de não ser muito complexa, a história do jogo é apresentada de maneira competente, lembrando um filme do personagem. Nosso objetivo é parar a invasão de robôs misteriosos que parecem estar sendo comandados pelo vilão Plankton. Todos os elementos irreverentes do desenho animado foram mantidos, portanto, espere por diálogos incrivelmente engraçados de Bob e Patrick.

Um detalhe muito bem vindo é que quase todos os diálogos do jogo possuem gravação de voz, trazendo uma maior autenticidade a obra. Um ponto negativo é que o jogo não possui áudios em PT-BR, mas, todos os textos foram traduzidos.

Ao todo, a campanha tem cerca de 10 horas de duração, podendo se extender um pouco mais caso você queira coletar tudo e, claro, caso tenha um amigo pra se aventurar no modo Multiplayer.

Esquadrão Classe A

Em Bob Esponja: Battle for Bikini Bottom Rehydrated, nós temos três personagem jogáveis: Bob, Patrick e Sandy. Cada um deles tem suas próprias particularidades e habilidades, tornando-os essenciais para resolver puzzles nas fases.

Bob tem um pouco mais de flexibilidade, podendo participar de trechos de bungee jump e produzindo bolhas de água que servem pra completar os mini-games de boliche. O personagem ganha habilidades a medida que você coleta as Espátulas Douradas, itens necessário para desbloquear o mapa e progredir na história.

Bob Esponja
Bob praticando bungee jump

Patrick é o fortão do grupo. Ele consegue carregar coisas como blocos de gelo pra congelar lagos e atirar melancias para acionar botões que estão no ar. Durante a jornada, você pode encontrar meias do Patrick. Estes itens colecionáveis podem ser trocados por Espátulas Douradas, objetos cruciais para o progresso no game.

Sandy traz agilidade e verticalidade ao grupo. Ela consegue laçar oponentes e ir para prédios difíceis de serem alcançados graças a sua habilidade de vôo. No geral, existe uma sinergia muito grande entre os personagens, onde um completa as fraquezas dos outros.

Sandy ao lado de um Ponto de Ônibus que serve para trocar os personagens

Os personagens podem ser trocados em Pontos de Ônibus que são espalhados pelos cenários. O sistema de troca funciona bem e é bastante rápido, quase não apresentando loadings no processo.

Salvando a Fenda do Biquíni

Como já era de se esperar, Bob Esponja: Battle for Bikini Bottom Rehydrated apresenta um level design primoroso. Lançado originalmente na época da Era de Ouro dos jogos de plataforma, os puzzles e a progressão do game malmente envelheceram, apresentando uma qualidade e complexidade maior do que obras do gênero lançadas recentemente.

Cada fase possuí 4 sub-areas cheias de colecionáveis e com objetivos que rendem uma Espátula Dourada. A área final de cada cenário contém uma luta contra chefes bem divertidos. Apesar da palavra chefe assustar um pouco, no geral, o game é bem fácil por estar focado no público-alvo infantil. O jogo é bem generoso na quantidade de checkpoints e você pode revisitar facilmente as áreas para coletar as Meias ou Espátulas pendentes. A interface do game é bem informativa e te avisa quantos itens estão faltando pegar em cada cenário.

Além disso, o game possui uma grande quantidade de tutoriais que explicam cada uma das mecânicas novas a medida que são apresentadas.

Bola Fora

Ao longo da minha aventura, só encontrei dois problemas no game. Os loadings acontecem com uma frequência que incomodam um pouco, no entanto, eles não demoram muito.

Bob Esponja
Problema estranho com textura

O problema maior foram as texturas inacabadas em seções que acontecem na água, gerando um grande desconforto visual que chegava a atrapalhar os pulos. Um bug um tanto quanto estranho de se ter no game.

Vale a Pena Jogar?

Mesmo após 17 anos do seu lançamento original, Bob Esponja: Battle for Bikini Bottom Rehydrated continua sendo um jogo de plataforma primoroso, recheado de mecânicas extremamente divertidas e um level design primoroso. Com uma jogabilidade muito responsiva e um respeito enorme pelo material-fonte, o título é um prato cheio pra quem adora o gênero de plataforma ou o desenho de Bob.
Bob Esponja

Para mais informações sobre games, acompanhe a Manual no Facebook, Twitter, Instagram e através de nosso canal no Youtube.

Publicado em 22 de junho de 2020 às 09:30h.
2020-06-22 09:30:10