Microsoft rebate acusações e diz que Sony tem muitos exclusivos de qualidade

CMA-não-acredita-na-Microsoft-sobre-disponibilizar-Call-of-Duty-para-o-Playstation

Diante das acusações feitas pela Sony na autoridade da concorrência do Reino Unido (CMA), a Microsoft se defendeu e continua a protestar a compra da Activision Blizzard. Recentemente foram feitos questionamentos com relação ao monopólio da empresa com relação aos jogos de tiro, principalmente a saga Call of Duty, que foram rebatidos com a ideia de que parte da indústria é composta por exclusividades, que atualmente é liderada pela Sony com muitos exclusivos de qualidade.

“A Sony tem mais exclusivos que a Microsoft e muitos deles de melhor qualidade” disse a Microsoft em uma de suas defesas, acrescentando ainda que muitos deles são sucessos de vendas, que Call of Duty será apenas mais 1.

“Os jogos internos da Sony e Nintendo posicionam-se entre os mais vendidos na Europa e em todo o mundo” afirma a Microsoft usando títulos como Ghost of Tsushima, God of War, The Last of Us e Spider-Man para defender seu argumento.

“Esta coisa toda da CMA entre MS, Sony e Activision é certamente um passeio selvagem. É estranho ver declarações como esta da Microsoft sobre o seu catálogo, tho. Estes documentos revelam um lado diferente destas empresas, com certeza.”

Microsoft manterá Call of Duty durante 10 anos no PlayStation

Ultimamente o assunto de se Call of Duty seria exclusivo após a compra da Activision/Blizzard se tornou uma das mais frequentes no mundo dos games, principalmente pelo poder e tamanho da saga.

Para entender um pouco mais sobre essa situação, clique aqui!

Confira outras notícias recentes abaixo:

Por fim, não deixe de acompanhar os grupos de ofertas da Manual dos Games e desfrute de vários produtos com excelentes descontos! No Whatsapp ou Telegram, estamos esperando por você.

Gostando de nossos conteúdos? Nos ajude compartilhando.

Gostando de nossos conteúdos? Nos ajude compartilhando.​

VEJA TAMBÉM

Comentários: